Sassá Sushi promove Festival de Ostras em março

Foto: Marcelo Rodrigues

O Sassá Sushi, eleito um dos melhores restaurantes de comida japonesa pela mídia especializada, promove, durante o mês de março, o Festival de Ostras. O lugar tem um aquário com várias ostras onde o cliente pode escolher a sua. São três pratos feitos com a iguaria, entre eles está o Ceviche de Ostra com Robalo (R$ 38,00). Vale ressaltar que esse menu é servido apenas a la carte, às quartas e sextas-feiras, no jantar. O cliente ganha, ainda, uma caipirinha de saquê se pedir, no mínimo, três pratos.

As ostras são trazidas diretamente do Rio Grande do Norte. Garantem aos clientes frescor e benefícios à saúde, pois aumentam a atividade metabólica, diminuem os níveis de colesterol, entre outros. “Sempre coloco novidades no cardápio, principalmente produtos que conheço a origem e que me garantam o máximo de frescor”, diz Sassá, sócio e sushiman da casa.

Com 14 anos de história, o restaurante Sassá Sushi é um dos poucos japoneses que têm a versatilidade em atender tanto em salão, como delivery, catering, cursos em escola própria, food service. Hoje, são três unidades, no Itaim Bibi, Vila Mariana e Jardins, com mais duas para inaugurar – na região da zona Norte e na Vila Leopoldina.

Possui uma cozinha central, na qual concentram-se as suas compras e saídas de matérias-primas para todas as unidades, eventos, delivery, cursos. No espaço é feita, também, a higienização e padronização dos produtos.

Atualmente, o maior ganho da marca está no seu delivery, que atende 15 mil pessoas ao mês. A distribuição contempla os sushis express na rede de supermercados Pão de Açúcar, Carrefour, com o objetivo de atingir outros lugares.

SASSÁ SUSHI 

Rua Horácio Lafer, 640 – Itaim Bibi – tel: (11) 3078-4538
Horários de funcionamento: almoço – segunda a sexta, 12h/15h. Jantar, segunda a quinta, 18h30/0h e sexta 18h30/00h30. Sábado, das 12h00/0h30 e domingo e feriados das 12h00/23h.

Alameda Franca, 149 – Jardins – tel: (11) 5183-3898

Horários de funcionamento: almoço – segunda a sexta, 12h/17h. Jantar, segunda a quinta, 17h00/23h e sexta 17h/00h. Sábado, das 12h/0h e domingo e feriados das 12h/23h.

Av. Lins de Vasconcelos, 996 – Vila Mariana – tel.: (11) 5183-3898

Horários de funcionamento: almoço – segunda a sexta, 12h/17h. Jantar, segunda a quinta, 17h00/23h e sexta 17h/00h. Sábado, das 12h/0h e domingo e feriados das 12h/23h.

www.sassasushi.com.br

Virou Notícia / Mel Dantas

 

Elton John e James Taylor em abril: Curitiba, Rio de Janeiro, Porto Alegre e São Paulo

Uma noite que promete ser inesquecível para os fãs de Sir Elton John e James Taylor, e suas bandas, que finalmente voltam ao Brasil para quatro apresentações históricas, em 2017.
31/03/17 – Curitiba – Pedreira Paulo Leminski R$ 380 a R$ 780 + meia entrada
01/04/17 – Rio de Janeiro – Praça da Apoteose – R$ 360 e R$ 700
04/04/17 – Porto Alegre – Anfiteatro Beira-Rio – R$ 260 a R$ 640 + meia entrada
06/04/17 – São Paulo – Allianz Parque – R$ 250 a R$ 700 + meia entrada
Clientes cartão ELO contarão com pré-venda exclusiva em todas as cidades, entre os dias 11 e 12 de janeiro, começando0h01 do dia 11 pela internet (http://www.ticketsforfun.com.br/), e 10h nas bilheterias oficiais (sem taxa de conveniência – FNAC em Curitiba; Metropolitan no Rio de Janeiro; Multisom em Porto Alegre; e no Citibank Hall em São Paulo) e nospontos de venda espalhados pelo Brasil. Para o público em geral, as vendas começam a partir da 0h01 do dia 13 de janeiropela internet e 10h nas bilheterias oficiais e pontos de venda espalhados pelo Brasil. Os shows são apresentados pela ELO e têm realização da TIME FOR FUN.  Heineken é a cerveja oficial dos shows no Brasil.

P.F. Chang’s participa do Restaurant Week

O P.F. Chang’s, um dos principais restaurantes de cozinha asiática do mundo, participa da 19ª edição do Restaurant Week, que acontece em São Paulo e Alphaville entre os dias 26/09 a 16/10, e oferece o melhor da gastronomia a preços democráticos.

Para esta edição, o restaurante criou um menu especial com opções asiáticas de entrada, prato principal, acompanhamento e sobremesa com um preço fixo.

Disponível para o almoço por R$ 41,90, o menu oferece as opções Green Salad ou Dumplings de entrada; Hong Kong Beef ou Kung Pao Chicken como prato principal; o P.F. Fried Rice Vegetais como acompanhamento; e Cream Cheese Fried Wontons ou Sorvete de Baunilha de sobremesa.

Já o Jantar possui preço especial de R$ 52,90 e oferece Crab Wontons ou Green Salad de entrada; Mongolian Beef ou Crispy Honey Shrimp como principal; P.F. Fried Rice Vegetais como acompanhamento; e Apple Crunch ou Sorvete de Baunilha de sobremesa.

Os cardápios estarão disponíveis neste período nas unidades de São Paulo e Alphaville.

O P.F. Chang’s oferece aos brasileiros uma experiência gastronômica completa, com a combinação do sabor e a cultura asiática, em meio a um ambiente contemporâneo e serviço primoroso. O cardápio foi desenvolvido com receitas que, em sua maioria, são preparadas em altas temperaturas na tradicional panela wok, trazendo texturas, aromas e sabores que só podem ser alcançados utilizando esta tradicional técnica.

P.F. CHANG’S NO RESTAURANT WEEK
DATA: 26/09 a 16/10
JK – São Paulo
Av. Juscelino Kubitschek, 627, Vila Nova Conceição – (11) 3044-0571
Horário de funcionamento:Segunda a Quinta-feira – 12h às 22h30 | Sexta e Sábado – 12h às 24h | Domingo – 12h às 22h

Shopping Iguatemi Alphaville – Barueri / São Paulo
Shopping Iguatemi Alphaville, Piso Xingu – (11) 4193-2436
Horário de funcionamento: Domingo a Quinta – 12h às 22h | Sexta e Sábado – 12h às 23h

Festival do Cannoli no Bixiga

image

Novas versões variadas do doce, além das tradicionais

O Festival do Cannoli, que acontece até o dia 04 de setembro na Moscatel Doceria e Bar de Açúcar, traz novas versões variadas do doce, além das tradicionais que já constam no cardápio fixo da casa.
Com uma fina massa doce enrolada, os cannoli, bem populares na Itália, são vendidos por R$ 7,00, nos recheios tradicionais da casa – Ricota com Frutas Cristalizadas, Ricota com Limão Siciliano, Doce de Leite, Chocolate e Baunilha- e os lançamentos exclusivos para o festival – Pistache, Capuccino e Romeu e Julieta.

A Moscatel está instalada no número 655 da rua Treze de Maio, no coração do Bixiga. Funciona de segunda a sexta-feira, das 10h às 18h; aos sábados e domingos, das 9h às 19h; e aos feriados, das 12h às 19h.

Oca Tupiniquim dá início ao projeto Oca Cultural Comida & Música

 

Comida alimenta o corpo. Música alimenta a alma. A partir dessa premissa, o conhecido espaço de festas Oca Tupiniquim dá início ao projeto Oca Cultural Comida & Música. A iniciativa propõe a realização de jantares somando música de qualidade e saborosa gastronomia em ambiente acolhedor para os músicos e para os clientes-espectadores.   

Em Agosto serão quatro os jantares.
Nos dias 9 e 16, terças-feiras, a atração musical será Paola Baron, italiana que é hoje harpista principal da Orquestra Sinfônica Municipal de São Paulo, com repertório que vai de sonatas de Scarlatti a canções napolitanas como “Torna a Surriento”.
Nos dias 24 e 31, quartas-feiras, a atração musical será Márcia Lopes. A cantora, uma das mais belas vozes da cena paulistana, vai mesclar clássicos da música brasileira com canções do repertório internacional – de “Boa noite, amor” a “She’s leaving home”.
Cada um dos jantares terá cardápios especialmente criados por Raphaela Homem de Melo, chef da Oca Tupiniquim, todos eles com sua característica assinatura: a mistura
, com elegância e muito sabor, de elementos típicos das diferentes regiões do Brasil.

Atmosfera elegante Esta é a primeira vez, em quase dez anos de atividade, que a Oca Tupiniquim se abre para eventos públicos, abertos a todos os interessados. A principal motivação para isso é atender a constante solicitação de pessoas que vão à Oca como organizadores ou convidados das muitas festas e comemorações realizadas no local.
Segundo a proprietária Ângela Soares, “quem vem à Oca sai sempre encantado com o espaço – de atmosfera elegante e acolhedora – e com a qualidade da comida – que combina sabores brasileiros com sofisticada criatividade. E são muitos os que dizem que gostariam de poder voltar”.
Assim, agora essas pessoas poderão voltar à Oca em grande estilo e com a facilidade de poder reservar os ingressos antecipadamente.

Jardins na entrada da Oca Tupiniquim. Foto: Hélvio Romero

Música com atenção plena Tudo começou quando, meses atrás, Jeanne de Castro, produtora cultural ligada especialmente à área musical, foi procurada pela harpista Paola Baron com uma ideia: “quero fazer música com comida”.
Vale lembrar que, além de ótima harpista, Paola é também boa de cozinha… Muitas vezes, ela é a cozinheira em festas com os amigos.
Jeanne conta que imediatamente se lembrou de Ângela Soares, proprietária da Oca Tupiniquim.
“Ela já tinha me falado de sua vontade de fazer alguma coisa nessa direção. Logo nos pusemos a trabalhar e agora, enfim, estamos conseguindo concretizar essa ideia.
Ângela e Jeanne criaram o seguinte formato para os jantares Oca Cultural Comida & Música: serão sempre três entradas musicais, com aproximadamente 20 minutos cada uma, intercaladas com o serviço do jantar – a primeira após o coquetel de recepção, a segunda após a salada e os pratos quentes e a terceira após a sobremesa.
“Não será um ‘jantar-com-música’ convencional, o tempo todo com as pessoas comendo e conversando e os músicos tocando em um canto do salão”, diz Jeanne de Castro. “Os músicos estarão em privilegiada posição central no espaço e terão atenção plena nos momentos da música”.

Paola Baron A italiana Paola Baron obteve Mestrado na Universidade Mozarteum de Salzburgo e se aperfeiçoou no Conservatório Superior de Lyon. Foi harpista principal do Teatro Ópera e Ballet de Liubliana (Eslovênia), da Orquestra Fondazione Arturo Toscanini, da Orchester der Tiroler Festspiele e do Balé Real de Birmingham. Artista premiada, em 2002 obteve o segundo prêmio no Victor Salvi, o mais prestigioso concurso de harpa da Itália; em 2007, venceu o Concurso Internacional da Associação Eslovena de Harpa. Paola veio para o Brasil em 2007 para integrar a OSESP, orquestra onde atuou até 2014. Hoje é harpista principal da Orquestra Sinfônica Municipal de São Paulo, já que adora ópera e tradicionalmente o Theatro Municipal é que realiza as montagens em São Paulo.
Para seus jantares
Oca Cultural Comida & Música, Paola Baron selecionou um repertório que batizou de “Allegro Croccante”. Tem na primeira parte peças clássicas  – as Sonatas K208 e K531 de Domenico Scarlatti e a “Sarabanda e toccata” de Nino Rota. A segunda parte é dedicada à ópera, com a “Fantasia sobre temas de Aida“, de Giovanni Caramiello, e um pot-pourri com árias de “Una furtiva lagrima” de Gaetano Donizetti, “Che gelida manina” de Giacomo Puccini, e “Va’ pensiero”, de Giuseppe Verdi. A terceira e última entrada da harpista tem foco em temas mais populares: trilhas de cinema assinadas por Nino Rota (“Amarcord” e “Romeo e Julieta”) e Ennio Morricone (“Amapola” e “Nuovo cinema Paradiso”) e duas canções napolitanas, “Non ti scordar di me” e “Torna a Surriento”.
O menu dos dois jantares tem um leve toque italiano:

 

Foto: Raphael Criscuolo      

9 DE AGOSTO, TERÇA-FEIRA

      • Entradas: Rolinho de zucchini com queijo serrano, cebola frita, tomate seco e azeite de manjericão & Polenta com pesto de agrião e pinoli
      • Salada: Minifolhas com queijo de cabra, tomate cereja e molho de tangerina
      • Prato principal: Filé com capeletti de queijo emmental e damasco & Namorado e pupunha ao molho cítrico de limão siciliano
      • Sobremesa: Semifreddo de chocolate com frutas vermelhas [foto à direita]

 

Foto: Raphael Criscuolo      

16 DE AGOSTO, TERÇA-FEIRA

      • Entradas: Tapenade de azeitonas pretas servida no brioche de milho &Brandade de palmito pupunha
      • Salada: Folhas com pera marinada e pesto de hortelã
      • Prato principal: Polenta cremosa com ragu de ossobuco e minifolhas de agrião & Risotinho de castanhas brasileiras (do-pará e de caju) com queijo de cabra [foto à direita]
      • Sobremesa: Gelado de limão com creme de paçoca


Márcia Lopes
A cantora paulistana teve sua carreira marcada pelo teatro e pela música. Participou de várias peças (dirigidas, entre outros, por Gabriel Vilela e Gianfrancesco Guarnieri) e cantou em discos de Eduardo Gudin, Antônio Nóbrega e Mário Adnet, entre tantos outros. Em 2001 lançou o primeiro cd. Chamado simplesmente “LP”, o disco a levou a cantar para ex-presidente americano Bill Clinton (quando de sua vinda ao Brasil, em jantar oferecido pela Faap) e a realizar uma turnê nos Estados Unidos. Em 2004 foi indicado ao Grammy Latino e, licenciado para o mercado japonês, alcançou lá o primeiro lugar em vendas na categoria MPB.
Em 2006 lançou novo cd, “Bonita”, disco com sonoridade bem brasileira. Na carreira de Márcia Lopes merece destaque sua participação no pocket show “A Foreign Sound”, de Caetano Veloso, realizado no Baretto, do hotel Fasano – bar onde ela se apresentou por quatro anos. Caetano, aliás, é só elogios para ela: “(Márcia) dá uma felicidade para quem está ouvindo. Fiquei impressionado com a afinação precisa e o perfeito senso de medida em suas interpretações”.
Em seus jantares Oca Cultural Comida & Música, Márcia Lopes vai se apresentar acompanhada por Fabio Tagliaferri, viola e ukulele, e Mário Manga, violoncelo e violão. O repertório inclui pérolas do repertório jazzístico (como “Let’s call the whole thing off”), temas do pop internacional (como “She’s leaving home”) e uma especialíssima seleção de canções brasileiras (de “E o mundo não se acabou” a “Sabiá”, de “Boneca de Pixe” a “Joana Francesa”).
O menu dos dois jantares:

 

Foto: Raphael Criscuolo   
   

24 DE AGOSTO, QUARTA-FEIRA

        • Entradas: Saladinha tropical thai [foto à direita] & Vichyssoise tupiniquim (creme de mandioca com alho-poró, finalizado com chantilly de noz moscada)
        • Salada: Folhas com erva-doce, salsão, laranjinha kinkan e molho de iogurte

 

        • Prato principal: Brandade de bacalhau & Nhoque com mix de cogumelos frescos
        • Sobremesa: Arroz doce brûlée com chutney de manga e limão siciliano

 

 

Foto: Raphael Criscuolo      

31 DE AGOSTO, QUARTA-FEIRA

      • Entradas: Saladinha de feijão de corda na tacinha & Escondidinho de batata-doce e cogumelos gratinado com queijo coalho
      • Salada: Alface americana, endívia e palmito pupunha com redução de laranja e pimenta rosa
      • Prato principal: Risoto de brie servido com mignon ao vinho do porto e crocante de castanha de caju [foto à direita] & Penne do agreste, com abóbora, camarão, leite de coco e coentro
      • Sobremesa: Brownie com castanha-do-pará e sorvete de creme
                

Serviço Os jantares Oca Cultural Comida & Música acontecem na Oca Tupiniquim, Rua Fradique Coutinho 1379, tels. 3817-4488 e 3031-7996, com início às 20h30. [O espaço já estará aberto a partir das 19h30.]
O preço por pessoa é de R$ 180,00, valor que inclui comida, música, espumante Salton Brut Reserva Ouro no coquetel de recepção e água mineral.
A cada dia haverá sugestões de vinho harmonizados com os pratos, com cobrança à parte – para o jantar de 8 de Agosto são sugeridos três vinhos, todos italianos – o espumante Bedin Prosecco Extra Dry e os tintos Luccarelli Primitivo Puglia IGP 2014 e Renzo Masi Alido Sangiovese di Toscana IGT 2014 –, ao preço de R$ 120,00 a garrafa.
Se preferirem, os participantes poderão levar seu próprio vinho, sem cobrança de taxa de rolha.

Estacionamento com manobristas à porta – R$ 20,00

Ingressos à venda em foodpass.com.br

 

Matias José Ribeiro
Gabinete de Comunicação

Toribinha, em Campos do Jordão, é endereço certo para saborear as melhores fondues


  Em Campos, o endereço das melhores fondues é o Toribinha Bar & Fondue, um dos restaurantes do Hotel Toriba – eleito várias vezes por revistas especializadas como a melhor fondue de Campos do Jordão.
O Toribinha tem um aconchegante salão decorado com lambris de madeira que remetem aos cenários alpinos, um lindo bar, uma convidativa lareira para os dias mais frios e um moderno sistema de exaustão que elimina todos os odores.

Dez diferentes fondues – O Toribinha tem em seu cardápio oito fondues salgadas, em porções que servem com tranquilidade duas pessoas:

  • queijo (R$ 179,00)
  • queijo com trufas (R$ 227,00)
  • à bourguignonne (R$ 189,00)
  • à bourguignonne com camarões (R$ 215,00)
  • funghi (R$ 199,00)
  • vegetariana (R$ 197,00)
  • chinoise light de carne (R$166,00)
  • chinoise light de peixe (R$ 173,00)

Para finalizar a refeição, são duas as foundues doces:

  • chocolate (R$ 146,00)
  • gianduia (R$ 198,00)

 

noname (2)

        Quem é fã da raclette – igualmente um prato perfeito para o inverno – tem no cardápio duas opções, também em porções para duas pessoas:

  • raclette tradicional (R$ 217,00)
  • raclette vegetariana (R$ 202,00)

        O vinho é a bebida mais recomendada para acompanhar fondues e raclettes. O Toriba tem uma adega com mais de 240 rótulos do Velho e do Novo Mundo, de 18 diferentes países. O sommelier do Toribinha sugere a cliente o vinho que melhor se harmoniza com o prato escolhido.
Importante: caso alguém na mesa não queira comer fondue ou raclette, não importa o motivo, o Toribinha tem também em seu cardápio saladas, pratos de carne e de peixe e uma boa variedade de massas artesanais recheadas.

Fondue com música – Às sextas-feiras, jantar no Toribinha Bar & Fondue fica ainda mais gostoso.
A partir das 20 horas, na antessala do restaurante, junto ao bar, o pianista Antonio Barker e músicos convidados comandam oFriday Jazz Toribinha. No programa, standards de jazz das décadas de 1920 a 1960 – criações de Cole Porter, George Gershwin e Dave Brubeck, entre tantos outros.

Melhor do que na Suíça! – Hotel com 73 anos de existência, tudo no Toriba é tradição. Até mesmo a fondue!
O
Toriba foi um dos pioneiros na chegada ao Brasil da fondue – já nos idos de 1960. Na época o hotel tinha como administrador o suíço Joseph Jurt. Em certas noites de domingo, quando eram poucos os hóspedes para o jantar, Jurt experimentou preparar fondue, prato então pouquíssimo conhecido no Brasil. Servia fondues de queijo e de carne, à Bourguignone, com diversos molhos.
Jurt, que esteve à frente do hotel por mais de vinte anos, dizia, modestamente, que considerava a fondue de queijo do Toriba melhor que a da sua terra natal.
Alguns anos depois o Toriba passou a ter um restaurante especializado no prato típico suíço: o Toribinha Bar & Fondue.

SERVIÇO – O Hotel Toriba fica na Avenida Ernesto Diederichsen 2962, Campos do Jordão, SP.
Na internet, www.toriba.com.br.
Mais informações e reservas pelos telefones 0800-178179 e (12) 3668-5000.