Pip Recipes será a plataforma digital oficial do Semana Mesa SP

pip_app_02_0

 

Receitas do maior e mais importante evento de enogastronomia da América Latina estarão disponíveis na mais fácil e relevante rede social dos amantes da culinária

O Pip Recipes, rede social gratuita que funciona como ponto de encontro digital dos apaixonados por gastronomia, será a plataforma oficial do Semana Mesa São Paulo, promovido pela revista Prazeres da Mesa.

O evento gastronômico traz uma programação variada com mais de 250 atividades em 4 dias de palestras, aulas práticas, degustações, em espaço dedicado ao vinho e queijo, tendências da gastronomia, e tendo ainda o Festival Farofa do Brasil, oferecendo a venda de mais de 200 pratos regionais e produtos artesanais de todo país, além de shows musicais.

Através do Pip, a plataforma digital segmentada mais acessada do momento, os entusiastas gastronômicos – participantes do evento ou não – conseguirão acessar as receitas do MESA Ao Vivo, uma das atrações do Semana Mesa SP que trará, neste ano, 100 aulas práticas com chefs e especialistas de bebidas consagrados. A programação completa pode ser acessada clicando aqui: https://www.semanamesasp.com.br/programacao.

Para acompanhar novidades do evento e conferir as receitas no Pip Recipes, o usuário só precisa se cadastrar gratuitamente na plataforma – acessando o aplicativo, disponível no Google Play ou na App Store, ou acessando http://piprecipes.com/.

Já são centenas de milhares de perfis cadastrados no Pip, plataforma que permite postar, trocar e organizar receitas entre seus seguidores, oferecendo o passo a passo dos pratos imediatamente abaixo das fotos. Entre os usuários da plataforma estão nomes como Edu Guedes, Eduardo Prado e Dupla Gourmet, além de empresas como a Electrolux Brasil, Arno, Nestlé, Guaraná Antárctica e a revista Prazeres da Mesa.

A Semana Mesa SP reúne anualmente grandes nomes da gastronomia mundial e, em 2017, acontecerá entre os dias 26 e 29 de outubro, no Memorial da América Latina – que fica na Av. Auro Soares de Moura Andrade, 664, Barra Funda. Para mais informações sobre o evento, acesse: https://www.semanamesasp.com.br.

Aplicativo mapeia restaurantes, feiras e lojas de produtos orgânicos e justos em todo o Brasil

Mais completo mapeamento já feito do setor, aplicativo reúne bases de dados
com iniciativas de consumo responsável em todo território nacional

Será lançado no Brasil, no dia 13 de outubro, o Responsa, um aplicativo que reúne em um só mapa restaurantes (que usam ingredientes orgânicos), feiras (de produtos justos, orgânicos e veganos), hortas comunitárias, grupos de consumo responsável e outras experiências de agroecologia e economia solidária.

Criado e desenvolvido em parceria entre o Instituto Kairós e a Cooperativa EITA, o Responsa é totalmente gratuito e permite que consumidores e produtores possam encontrar produtos, serviços e experiências educativas pelo GPS, marcar encontros e indicar novos pontos que ainda não estejam mapeados.

“Queremos que qualquer pessoa possa encontrar, perto de sua casa, escritório, ou até durante uma viagem, um restaurante que utilize ingredientes orgânicos, uma feira ou uma loja na qual possa encontrar produtos agroecológicos”, explica Juliana Gonçalves, coordenadora de projetos do Instituto Kairós. “A ideia é estimular a comercialização de produtos da economia solidária e da agricultura familiar, aproximando produtores e consumidores através de relações que podem ser mais curtas, transparentes e sustentáveis”.

Com interface amigável, disponível para celulares Android, o Responsa funciona em todo o Brasil e permite filtro por tipo de local (restaurante, feira, etc) ou município, e unifica um extenso banco de dados que inclui, já no seu lançamento, mais de 3.000 iniciativas ligadas ao consumo responsável em todo o país. Com o GPS ligado, o aplicativo ainda alerta ao usuário sobre iniciativas de consumo responsável mais próximas de onde ele estiver. “Este é o resultado do trabalho intenso de mais de um ano em que aliamos o melhor das tecnologias digitais e design com o refinamento e cruzamento de dados de diferentes fontes, para oferecer uma experiência completa ao usuário”, afirma Daniel Tygel, integrante da EITA, cooperativa responsável pelo desenvolvimento do Responsa. “Para garantir que o aplicativo realmente respondesse aos objetivos propostos, dialogamos bastante e contamos com o apoio de várias organizações do setor, tais como o IDEC (Instituto de Defesa do Consumidor), a ANA (Articulação Nacional de Agroecologia), o FBES (Fórum Brasileiro de Economia Solidária) e o FBSSAN (Fórum Brasileiro de Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional)”, complementa.

As iniciativas mapeadas pelo Responsa são:

●     Feiras orgânicas e da agricultura familiar
●     Lojas e feiras da economia solidária e do comércio justo
●     Grupos de produtores da economia solidária
●     Grupos de consumo responsável
●     Experiências de educação alimentar e nutricional
●     Experiências e pesquisas em agroecologia
●     Hortas comunitárias
●     Restaurantes que utilizam ingredientes orgânicos em seus cardápios
      (inicialmente apenas na cidade de São Paulo)

O Responsa possui ainda um espaço em que as pessoas podem facilmente compartilhar, com outros usuários do aplicativo, suas dúvidas e dicas sobre como consumir de maneira responsável. Nele, é possível trocar receitas para limpeza ecológica, formas de cozinhar com menos desperdício, dicas para economizar água ao fazer faxina ou para substituir refrigerante por sucos naturais para os filhos, entre outras possibilidades.

Portal do consumo responsável
A chegada do Responsa acompanha ainda o lançamento do Portal do Consumo Responsável, outra iniciativa do Instituto Kairós e da Cooperativa EITA, também com a contribuição de organizações e movimentos de economia solidária, comércio justo e agroecologia.

www.consumoresponsavel.org.br

Inédita no país, a proposta é reunir em um mesmo endereço eletrônico informações que permitam aos cidadãos conhecer e compreender as relações de produção e consumo e intervir em seu bairro, trabalho, escola ou município. No portal, será possível acessar três canais: mapa, notícias e biblioteca.

“Nossa ideia é que o portal possa servir como um polo de conteúdo relacionado ao consumo responsável com notícias, materiais educativos, além do mapa que deu origem ao Responsa, convidando os cidadãos a refletirem e se envolverem na prática com essa temática”, detalha Juliana.

O Portal e o aplicativo Responsa foram desenvolvidos principalmente com recursos da Secretaria Nacional de Economia Solidária do Ministério do Trabalho (SENAES/MTE), por meio de um projeto nacional do Instituto Kairós que fomenta a articulação entre produtores e consumidores responsáveis.

Consumo responsável
O Portal do Consumo Responsável e o aplicativo Responsa têm também o objetivo de estimular a prática e a discussão sobre o consumo responsável, propondo que as pessoas conheçam mais a respeito da origem e produção dos alimentos que consomem no seu dia-a-dia.

“O modo como consumimos financia toda uma cadeia de produção, distribuição, comercialização e consumo dos produtos, e cada vez mais as pessoas estão buscando alternativas ao modelo convencional. Só que elas acabam tendo dificuldades para conciliar este novo modo de consumir com o cotidiano corrido das cidades, pois é difícil encontrar informações sobre o que estamos comprando. O Responsa torna muito fácil ir direto a essas iniciativas que contribuem para uma vida e uma sociedade mais justas e sustentáveis. É por isso que dizemos que o uso do Responsa e do portal nos ajudam a dar passos rumo ao bem viver individual e coletivo”, explica Juliana.

Mercado da Gula: nova ferramenta para encomenda de alimentos online

Marketplace facilita a inclusão digital dos pequenos vendedores de comida na internet, aproximando dos potenciais compradores. Plataforma inicia operação com mais de 2 mil produtos cadastrados.

O Mercado da Gula, um marketplace para compra e venda de produtos alimentícios por encomenda, promete ser a principal ferramenta dos brasileiros na hora de planejar uma festa ou fazer compras de comida na internet. O novo sistema de buscas chega ao mercado com um banco de dados de 1.150 fornecedores em todo o Brasil, trazendo mais de 2 mil produtos cadastrados, com diversas categorias, entre elas: massas, frangos, bolos entre outros.

A ideia do projeto nasceu com o melhor termômetro para o sucesso de um negócio: a necessidade. Em busca de produtos para uma festa na empresa os sócios enfrentaram dificuldades para conseguir informações de fornecedores próximo ao local de trabalho. Nascia então o projeto Mercado da Gula.

mercado da gula

A plataforma funciona com sensores de geolocalização, que auxiliam na busca de acordo com a localização do comprador. “Pensamos então em criar uma plataforma de busca online que concentrasse o maior número possível de empreendedores do ramo alimentício para facilitar a vida de quem quer comprar comida pela internet. Muitas vezes você pode estar procurando por algo que está do seu lado e você não conhece”, Bruno Souza, Sócio Diretor Estratégico.

Para fazer parte da rede de fornecedores do Mercado da Gula é bem simples. O fornecedor só precisa se cadastrar no portal e colocar seus produtos à venda que já ficará disponível automaticamente no Mercado da Gula, tudo de forma gratuita. “Fizemos um sistema de cadastro e busca bem simples”, destaca Souza. “O pagamento dos produtos é feito em ambiente totalmente seguro o que garante a proteção tanto do comprador, quanto do vendedor”, acrescenta.

O foco principal do Mercado da Gula são os pequenos empreendedores e profissionais autônomos do ramo alimentício, mas está aberto para as grandes redes do setor. “O setor de encomendas no Brasil sempre foi grande e bastante pulverizado. Os empreendedores que fazem seus alimentos em casa para vender atuam em uma microrregião, onde seus clientes ficam limitados ao seu círculo de amizade. Com o Mercado da Gula o poder de divulgação desses pequenos empreendedores vai aumentar muito”, aposta Souza.

Serviço:

www.mercadodagula.com.br

Facebook: https://www.facebook.com/mercadogula

Twitter @mercadodagula

Instagram: Mercadodagula

Onilé é primeiro Marketplace gastronômico de São Paulo – Shopping virtual aproxima artesãos da gastronomia de consumidores

Já está em pleno funcionamento a Onilé, primeiro marketplace exclusivamente gastronômico do Brasil. A plataforma funciona como um shopping center virtual que reúne diferentes lojas e marcas consagradas do universo gourmet. “Nós oferecemos uma experiência de compra completa via internet em que o cliente compra online e agenda a entrega no endereço de sua escolha”, explica um dos sócios do site, Carlos Gamboa.

Mais que um e-commerce a Onilé funciona como uma curadora na seleção de lojas e produtos ofertados. “Há uma equipe de foodhunters encarregados de escolher lojas e produtos de excelência e que privilegiem uma produção de caráter sustentável”.

A Onilé faz um filtro de qualidade para os consumidores. É difícil estar sempre ligado nas novidades e saber separar o que realmente vale a pena em meio a tanta oferta. “Por isso, é essencial ter uma forma de acessar lojas de sua preferência de forma consistente e segura, mesmo que elas não estejam perto da sua casa ou trabalho”.

A ideia surgiu da experiência da paixão dos sócios Carlos Gamboa e Pierre Emmanuel Joffre pela gastronomia e pela experiência de ambos em e-commerce. Tudo isso, somado à constatação de que não existia em São Paulo a oferta deste tipo de serviço, que no exterior já é uma realidade. “No Brasil existem várias plataformas de delivery de comida pronta, mas não havia opção para quem busca uma massa de qualidade para preparar em casa ou um pudim artesanal. Juntamos tudo isso num mesmo lugar”, compara Pierre.

Hoje, há muitas lojas de gastronomia fantásticas, mas que não estão presentes na internet por diferentes motivos. “Nossa intenção é oferecer um canal de vendas online de qualidade para essas marcas, sem que elas tenham que se preocupar ou investir em um e-commerce”, completa.

Como funciona a Onilé

A Onilé funciona de maneira muito simples. Ao acessar o site onile.com.br o consumidor encontrará as opções de lojas e de produtos. Basta escolher o que quer e comprar. A aquisição é feita diretamente da loja, e portanto é recomendado concentrar o pedido em algumas lojas por vez, de forma a manter uma boa relação da conveniência com o custo do frete. O pagamento é feito via cartão de crédito, no próprio site, em ambiente seguro e protegido. Na sequência o comprador agenda a data, horário e local da entrega.

A plataforma estreia com 18 lojas/marcas hospedadas. A perspectiva é aumentar para pelo menos 30 até o fim do ano, sendo que já há cinco lojas em processo de cadastro. Entre os nomes de destaque que já fazem parte da Onilé está o pastifício Mesa III , da chef Ana Soares, o ateliê Forma de Pudim e a patisserie Éclair Moi . Há ainda uma boa seleção de vinhos, açougues, chocolates e outras delícias.

Inicialmente o serviço só está disponível para a região metropolitana de São Paulo, mas já há um plano de expansão. “Queremos até o fim desse ano despachar parte dos nossos produtos para todo o Brasil. A partir do ano que vem, queremos estar presentes nas principais capitais, começando pelo Rio de Janeiro”, antecipa Gamboa.
As lojas interessadas em ter seu canal de vendas na Onilé devem entrar em contato via e-mail atendimento@onile.com.br, ou por telefone (11) 3051-6038.

Stey App: novo aplicativo grava vídeos com trilha sonora e pode ser compartilhado nas redes sociais

Com recursos fáceis de usar, permite ao usuário fazer vídeos de até 15 segundos e escolher entre os mais de 20 milhões de músicas disponíveis no iTunes.

Stey App é o primeiro aplicativo de vídeo com música feito por brasileiros, fora do Vale do Silício, que está disponível para download gratuito na App Store. Com recursos fáceis de usar, o aplicativo permite ao usuário fazer vídeos de até 15 segundos e escolher entre os mais de 20 milhões de músicas disponíveis no iTunes como trilha sonora. Para deixar os vídeos mais dinâmicos, o App ainda possibilita a gravação em modo slow e fast.

Os vídeos poderão ser compartilhados no WhatsApp, Instagram, Facebook e Twitter, e automaticamente aparecerão no feed do aplicativo, dividido por canais, como: Animal & Pets, Arts, Blogger, Cars & Motorcycles, Dance, Desing, Fitness & Health, Food, Fashion, Graffiti, Movie & Clips, Music & Concerts, Party, Places & Travel, Radical Sports, Tattoos, Youtubers entre outros. Lá, o usuário poderá buscar vídeos classificados por hashtags, selecionar quais assistir e quais amigos ou personalidades quer seguir. Para utilizá-lo, basta fazer o download grátis na App Store. Inicialmente disponível apenas para iPhone, em breve será lançada a versão para aparelhos Android.

O Stey App foi criado pelos irmãos Fernando e Ricardo Whately, que queriam uma maneira de registrar e compartilhar momentos da vida. Eles criaram o aplicativo com a missão de gerar um conteúdo mais completo do que uma fotografia. Inspirados em seu próprio estilo de vida. Cinco pilares comandam o DNA do Stey: arte, música, moda, esporte e gastronomia. O vídeo de divulgação feito pela Trator Filmes demonstra claramente esse DNA do Stey App, que pode ser visto por meio do canal do Youtube: http://goo.gl/YRkNYJ

“A ideia sempre foi gerar um conteúdo mais fiel do que acontecia nas nossas viagens ou em um simples jantar com a nossa família. Testamos o Stey com amigos dos mais variados perfis que colocaram à prova as funções do aplicativo, para que em seu lançamento ele fosse aprimorado com as experiências dos usuários”, explica Fernando.

“Quem está na área da moda pode fazer um pocket desfile e ajudar a divulgar sua marca. Quem gosta de cozinhar, profissional ou não, pode editar um vídeo com suas receitas. Uma blogueira poderá dar dicas mais completas, o amante de esportes radicais pode gravar aquela manobra incrível. Tudo isso, usando músicas famosas como trilha sonora”, completa. “No restaurante, no esporte, com a família, na balada ou entre amigos sempre existe espaço para você fazer um novo ‘Stey’”, acrescenta seu irmão Ricardo, já utilizando o termo “faça um stey” como um novo jargão no mundo dos aplicativos.

Para os dois irmãos é muito difícil, demorado e amador produzir um vídeo interessante nos aplicativos existentes. Além disso, com o avanço da banda larga no Brasil, e pensando em fazer algo simples, fácil de usar e leve para carregar rapidamente, o Stey App seguirá uma tendência mundial de substituir as fotos por vídeos. “O Steynasce para se fazer um vídeo bacana em poucos segundos, em câmera rápida e lenta e com música. Você ter à disposição toda a biblioteca musical do iTunes e poder usar as faixas legalmente para montar a trilha sonora é um diferencial que deixa tudo ainda mais interessante. Sua vida vira um videoclipe!”, completa Fernando.

Os vídeos poderão ser feitos em tela cheia, tanto na vertical como na horizontal, não terão publicidade e nem pop ups. Caso goste de alguma trilha que usou ou ouviu em algum vídeo no Stey, o usuário poderá comprar e baixar a música diretamente no iTunes. Com novas atualizações, outras ferramentas e filtros estarão disponíveis futuramente. O nome Stey App surgiu da veia surfista dos irmãos, pois a gíria “stey” é usada desde a infância e significa o ponto mais crítico da manobra, o ápice, onde todo o foco, força e equilíbrio estão convergindo para o desfecho desse momento único. Com uma equipe de desenvolvimento no Brasil e na Europa, o aplicativo tem o DNA brasileiro, como gostam de enfatizar.

Segundo os irmãos, um projeto embrionário do Stey App surgiu há dezessete anos: “Quando tínhamos 13 anos, costumávamos revezar a filmadora com nossos amigos surfando na frente da casa de nossa avó na Barra do Sahy. Como não havia ferramentas de edição disponíveis facilmente, para colocar música nas imagens dávamos play no CD enquanto gravávamos e pausávamos quando terminava a gravação, sucessivamente. O resultado era um vídeo de surfe com música”, exatamente o que desenvolveram agora com o aplicativo.

O download é gratuito e pode ser feito por meio do link: https://itunes.apple.com/br/app/stey/id909214566?l=uk&ls=1&mt=8. Outras informações no site do Stey App: www.steyapp.com ou na página do Facebook:https://www.facebook.com/steyapp.

Agência Lema

Eno Estilo – revista de vinhos e lifestyle, a primeira 100% online

Os amantes de vinhos, amadores e profissionais, agora têm endereço certo na internet. A revista Eno Estilo, a primeira 100% online, com matérias escritas por especialistas e recheada de dicas para os iniciantes, também. Há um banco de vinhos analisados por profissionais da área e provas mensais  de avaliações de róotulos.
A revista, que entrou no ar em meados de agosto, explora o fascinante universo dos vinhos de forma abrangente, incluindo áreas de enogastronomia e turismo enogastronômico.
Confira aqui www.enoestilo.com.br