A Região da Alta Mogiana no World of Coffee Budapeste 2017

AMSC e delegação de produtores de cafés especiais visitam a festejada exposição na capital da Hungria.

Há muitos bons motivos para visitar a World of Coffee Budapest 2017, mostra interativa com mais de 200 fornecedores de cafés, dos mais inovadores do mundo: competições emocionantes, simpósios inspiradores, seminários e oficinas educativas, entre muitas outras atrações, sem contar o passeio pela fascinante capital da Hungria, principal centro financeiro, corporativo, mercantil e cultural do país. Essa bela cidade agora abre suas portas para representantes de regiões únicas do planeta, na produção do café especial.

É o caso da Região da Alta Mogiana, representada por sua Associação – a AMSC –, que participa da feira com uma delegação composta por produtores, cujas bagagens incluem amostras campeãs de cafés especiais.

Recentemente comparada às vinícolas de Borgonha, por Russell Hayward, dono da rede de cafeterias Ascension, de Dallas (Texas, EUA), tal o entusiasmo do empresário pela forma singular do manejo de seus cafezais, a Região da Alta Mogiana encanta a todos que se dispõem a conhecê-la mais profundamente.

Ali não se cultiva grãos, apenas. Planta-se história, paixão pelo café, pela terra, pela família…  E se colhe muita expertise. Com sentimentos de satisfação e valorização da cafeicultura, seus fazendeiros, alguns na quarta geração de lavoura de café, resgatam uma tradição local de 200 anos – o que lhes possibilita não apenas conhecimento científico como também empírico, vivenciando todas as “ondas” do café de forma genuína.

As caraterísticas geográficas também fazem a Região da Alta Mogiana singular. Os grãos ali cultivados crescem em altitudes privilegiadas, até 1.300 metros, que conferem corpo e buquê únicos aos sabores e aromas do café, um dos mais apreciados do Brasil e do mundo. Essa forte cultura, pautada na qualidade, na busca da excelência, selada pela responsabilidade socioambiental, é capaz de inspirar as pessoas a construírem um futuro melhor.

33

 

Região da Alta Mogiana: Vivencie a inspiração pelo café

Localizada numa área de 100 mil hectares de café (o equivalente a quase duas cidades de Budapeste), a Região da Alta Mogiana abrange 23 municípios de dois estados do Sudeste do Brasil, São Paulo e Minas Gerais. E conta com, aproximadamente, 5 mil cafeicultores que produzem em média 2,5 milhões de sacas de 60 kg/aa. Mais que produzir grãos de qualidade, seus produtores buscam a excelência. Para tal, cultivam parcerias autênticas em toda a cadeia de produção – da semente à xícara -, promovendo uma evolução contínua e responsável da Região e dos produtores.

 

Associação dos Produtores de Cafés Especiais da Alta Mogina

A AMSC é uma entidade sem fins lucrativos, fundada em 2005, por um grupo de cafeicultores, com a missão de valorizar e promover o café da Região da Alta Mogiana, criando um senso de referência por meio do conceito de origem, que leve os consumidores a associarem origem, produto e qualidade. Sua visão consiste em promover os cafeicultores e os cafés especiais da Alta Mogiana, oferecendo aos associados oportunidades de crescimento e desenvolvimento através de educação, treinamento e acesso a novos canais de comercialização. Hoje, a AMSC conta com 80 associados diretos, mais de 2,2 mil produtores abrangidos com acesso ao Selo de Origem e Qualidade. Além de realizar anualmente o Fórum de Qualidade da Região da Alta Mogiana, em sua 3ª edição, também é responsável pelo Concurso de Qualidade do Café da Região da Alta Mogiana, que terá sua 15ª edição em 2017. A AMSC já foi sede do Cup of Excellence Naturals, em 2015, e tem o Reconhecimento do Arranjo Produtivo Local de cafés especiais atestado pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Tecnologia e Inovação do Estado de SP.

Selo de Indicação Geográfica

O IG é um selo que identifica e protege os cafés da Alta Mogiana, por suas características únicas, preservando sua cultura, sua história e sua gente. Tem como objetivo diferenciar um produto e seu produtor, apontando sua origem geográfica e suas condições de produção.

http://www.amsc.com.br

http://www.worldofcoffee-budapest.com

 

 

Bar CanaBenta comemora aniversário com Campeonato de Rollmops

O evento acontece no sábado (06/08), às 19h30. Inscrições abertas a partir de 15 de julho

Contagem regressiva para a chegada do Campeonato de Rollmops do Bar CanaBenta, uma brincadeira inusitada que já virou tradição na capital paranaense e faz parte da comemoração de 8 anos da casa. O Campeonato chega a sua terceira edição e acontece no sábado, 06/08, às 19h30.

Os competidores disputam quem come mais unidades do tira-gosto de sabor forte, preparado com sardinha e cebola em conserva em uma mistura de vinho branco, vinagre, sementes de mostarda e zimbro. Aline Modesti, ganhadora na categoria feminina do 1º Campeonato, comeu 14 rollmops e derrubou o tabu de que o petisco é “só para os fortes”.

A competição mantém o formato dos anos anteriores: os participantes terão cinco minutos para consumir o maior número de rollmops e, para harmonizar, a casa oferece a tradicional cerveja Adriática – dez minutos antes para “aquecimento” e durante toda a competição. Os três vencedores de cada categoria – feminina e masculina – garantem prêmios e troféus.

As inscrições, no valor de R$20, serão abertas a partir do dia 15 de julho, no e-mail contato@canabenta.com.br, ou no Bar CanaBenta. Todos os participantes ganham uma camiseta criada especialmente para a competição. O limite é de 50 participantes.

ROLL
Serviço
Bar CanaBenta
Rua Itupava, 1431 – Alto da Rua XV
Curitiba (PR)
(41) 3019-6898 | http://www.canabenta.com.br
@canabenta | http://www.facebook.com/canabenta

Atendimento: de terça-feira a sexta-feira das 17h à meia-noite (cozinha), até 01h (portaria). Sábado, das 11h30 à meia-noite (cozinha) e portaria até 1h.
Domingo das 15h às 22h30 (cozinha), portaria até meia-noite.

Istituto Europeo di Design promove formação com vivência internacional

Com proposta inovadora, faculdade internacional de Design oferece estudos complementares na Itália

O Istituto Europeo di Design – IED São Paulo inova ao assegurar que os novos alunos desfrutem de uma experiência internacional na Itália. Quem se matricular em um dos cursos de graduação ou pós até o dia 18 de novembro de 2015 garante um curso de férias em Veneza, que será realizado em julho de 2016.

Os cursos superiores do IED São Paulo, com duração de três anos, terão início em fevereiro de 2016 e as ofertas são variadas, abrangendo graduações em Design de Moda, Design de Produto, Design de Interiores, Design Gráfico e Digital e  Design de Joias e Acessórios. O processo seletivo será no dia 25 de novembro.

Já os cursos de Pós-Graduação do IED São Paulo oferecidos para 2016 são: Fashion Marketing and Communication (Marketing e Comunicação de Moda), Design de Interiores Contemporâneo, Design Estratégico e Inovação, Design Editorial e Infografia, Branding Experience e Transportation Design, com conteúdos desenvolvidos ao longo de 18 meses.

“Nossa instituição traz em seu DNA o que acreditamos ser vital para quem busca uma sólida formação profissional: saber e saber fazer. Ou seja, promovemos o que há de mais atual na cultura e na prática do Design, em linha com a perspectiva de uma atuação global”, explica Victor Megido, Diretor Geral do IED Brasil. O executivo acrescenta que o curso de férias, além de formação complementar e um importante incremento no currículo dos participantes, amplia o repertório e promove diálogos com as propostas mais atuais em criação e negócios.

Veneza foi a cidade escolhida por sua tradição milenar que ajudou a forjar os padrões do “Made in Italy”. Sede do célebre Festival de Cinema e de uma das bienais de Artes mais importantes do mundo, também destaca-se pelo alto artesanato em materiais como vidro, além de ser o berço de pintores como Tintoretto, Tiziano, Veronese e Bellini.

Quem for para Itália em julho viverá uma semana intensa de workshops e visitas aos mais importantes escritórios e agências de Design, ateliês, galerias, museus e sedes de marcas icônicas. As profissões ligadas ao Design estão cada vez mais valorizadas em todas as esferas sociais e principalmente no mercado que está sempre em busca de novas linguagens e soluções. À frente dessa tendência, o IED São Paulo tem a intenção de conectar seus alunos com os principais centros de referência em Design na Europa e no mundo.

Confira todos os detalhes nos regulamentos específicos para interessados na Graduação e na Pós-Graduação.

Open Day      

Para se apresentar aos futuros universitários, o IED realiza o Open Day, série de dinâmicas educacionais e atividades com a finalidade de promover vivências em Design e tirar eventuais dúvidas dos futuros alunos. O intuito é disponibilizar informações detalhadas sobre a formação proposta pela faculdade, além de uma ocasião na qual os interessados podem conhecer e conversar com os coordenadores e professores.

São abordados tópicos como: de que forma IED pode impulsionar sua carreira, realizar um tour no campus e descobrir um pouco mais sobre a rotina e as ambições dos alunos do IED e, por fim, obter todas as informações relativas ao processo seletivo, cursos, taxas, matrícula e serviços oferecidos pela instituição.

Sobre o Istituto Europeo di Design – IED

O Istituto Europeo di Design – IED atua nos campos de educação e pesquisa, em todas as áreas do Design – Estratégico, Produtos, Serviços, Interiores, Gráfico, Digital, Moda, Social e negócios relacionados. Em contínua expansão, suas 11 unidades – presentes no Brasil, Itália e Espanha – já formaram cerca de 150 mil profissionais, provenientes de mais de 100 países.

Em São Paulo, em sua sede no bairro de Higienópolis, como faculdade reconhecida e bem avaliada pelo MEC, oferece cursos de graduação, pós-graduação e extensão, assim como programas de atualização e formação avançada para empresas, entidades e governos. No Rio de Janeiro, abriu sua sede no edifício histórico já ocupado pelo cassino da Urca e pela TV Tupi, onde oferece cursos livres e de pós-graduação. O IED foi escolhido pela Abedesign como a melhor instituição de ensino do Brasil em 2014.

Serviço:

OPEN DAY do IED São Paulo

Data: 14/11 (sábado) a partir das 10h.

Endereço: Rua Maranhão 617 – Higienópolis

Index Assessoria

Bar do Xandão é o campeão da 3ª edição do Concurso Comida di Buteco em São Paulo

Público e jurados avaliaram o tira-gosto, atendimento, temperatura da bebida e limpeza dos 50 botecos participantes na capital

O Bar do Xandão, um dos bares estreantes do concurso, foi eleito o Melhor Boteco de São Paulo na terceira edição paulistana do maior concurso de cozinha de raiz do Brasil. O Comida di Buteco anunciou o resultado da eleição, baseada nos votos do público e jurados, em evento no espaço Villa Bisutti Tenerife na noite de ontem (28 de maio). O concurso aconteceu de 11 de abril a 11 de maio deste ano.

Localizado na Vila Matilde, na zona leste da capital, o bar vencedor concorreu com um petisco exclusivamente criado para o Comida di Buteco, o Lombotone Grill Xandão – fatias de lombo enrolado com provolone e bacon, acompanhado de farofa, molho vinagrete e molho de ervas.

Em segundo lugar, o Bar do Justo, em Santana, também se consagrou com o petisco Coxinhas de Boteco, coxinhas com massa de mandioca e grão de bico, recheado com carne de sol e requeijão. Já o terceiro lugar foi para o bar Distinta Freguesia, também na Zona Norte, localizado na Freguesia do Ó, com o tira-gosto Distinto Bolinho, bolinhos empanados com cremoso recheio de anchovas, escarola e lascas de provolone.

Para completar a premição, em quarto lugar do ranking aparece o bar Nação Nordestina, no bairro Vila Maria, também na Zona Norte, que criou a Coxinha de Pernil, mini coxinhas de abóbora com pernil e maionese de milho.

Na quinta colocação houve empate de votos: a colocação foi dividida entre o Barnabé, no bairro Parque Edu Chaves, com o petisco Brasileirinho, composto por mini tapiocas recheadas com creme três queijos e carne de sol, acompanhado de geléia de jabotucaba e o Lins Sushi, na Barra Funda, com a Trilápia do Japa, tilápia empanada em tiras que acompanha molhos de maracujá, picante e tártaro.

O Bodega Rock Bar, localizado no Jardim São Paulo, recebeu a premiação da melhor média de votos por números de garçons.

Sob o lema “Mais Amor e Mais Boteco, Por Favor” o tema deste ano do concurso foi livre, o que incentivou ainda mais a criatividades dos botecos na hora da criação dos petiscos. O público teve um mês para percorrer os botecos selecionados pelo concurso, provar os tira-gostos concorrentes e, junto com o júri oficial, votar no melhor boteco do ano. Ao todo, 50 bares espalhados por todas as regiões da cidade representaram a grande diversidade da culinária de raiz que encontramos em São Paulo, como a portuguesa, alemã, espanhola, argentina e brasileira.

Petisco Doritos

O boteco que saiu vencedor na votação do melhor petisco Doritos foi o bar Sotero Cozinha Original, na Santa Cecília, que criou o Tempurá de Camarão.  Na competição do melhor petisco Dorito’s, os bares usaram sua criatividade para montar petiscos exclusivos com os nachos Doritos.

Melhor Caipiroska Skyy

Na competição da melhor caipiroska feita com a vodca Skyy, em primeiro lugar ficou o bar O Mocofava, localizado no Parque Mandaqui. Na segunda colocação aparece o Lewis Bar, situado na Água Branca.

Entre os bares que mais venderam vodca no período, estão o Pé Pra Fora, localizado no Sumarezinho e o Esquina Grill do Fuad, na Santa Cecília.

Números da edição 2014 do Comida di Buteco

Com a missão de promover a comida de raiz e de ser um elemento transformador na vida de pessoas que estão à frente de estabelecimentos tradicionais ou comandados pela família, Comida di Buteco 2014 foi um sucesso completo. Como vem fazendo desde a sua criação, o concurso promoveu importantes mudanças nos botecos participantes, seja diretamente em aumento de público, seja ajudando a gerar maior investimento, como melhorias estruturais e contratação de mais funcionários.

Com 380 botecos participantes em todo o país, a edição 2014 do Comida di Buteco alavancou a venda de 340 mil petiscos, resultando em cerca de 400 mil votos do público. Entre 11 de abril a 11 a 11 de maio, os estabelecimentos participantes faturaram R$ 32 milhões. Houve um crescimento um crescimento de 52% no circuito do concurso (o maior crescimento de faturamento dos bares verificado em todos os anos, visto que nas edições anteriores esse número ficou em torno de 38%).

Confira os vencedores

1º Lugar

BAR DO XANDÃO

Horário de Funcionamento: Terça à Sexta das 17h00 às 22h30; Sábado das 12h00 às 19h00

Rua Gil de Oliveira, 477- Vila Matilde

Telefone: (11) 2653-2078

Tira-gosto concorrente: Lombotone Grill Xandão

Preço: R$ 8

Descrição: Fatias de lombo enrolado com provolone e bacon, acompanhado de farofa, molho vinagrete e molho de ervas.

Foto: Beto Eterovick

12190069684_386792a0c6_z (1)

 

2º Lugar

BAR DO JUSTO

Horário de Funcionamento: Segunda à Domingo das 9h00 à 1h00.

Rua Alferes Magalhães, 25/29 – Santana

Telefone: (11) 2979- 7195

Site: http://www.bardojusto.com.br/

Tira-gosto concorrente: Coxinhas de Boteco

Preço: R$ 5,50

Descrição: Coxinha de massa de mandioca e grão de bico, recheado com carne de sol e requeijão

Foto: Beto Eterovick

12190091444_ff9b1ec1e6_z

 

3º Lugar

DISTINTA FREGUESIA

Horário de Funcionamento: Terça à sexta das 17h00 às 23h30; Sábado das 12h00 às 24h00

Rua Enéias Carrilho, 63 – Freguesia do Ó

Telefone: (11) 3935-1139

Site: http://www.distintafreguesia.com.br/

Tira-gosto concorrente: Distinto Bolinho

Preço: R$ 25

Descrição: Porção de bolinho empanado com cremoso recheio de anchovas, escarola e lascas de provolone.

Foto: Beto Eterovick

 

12189819693_4edd81334a_z

 

4º Lugar

NAÇÃO NORDESTINA

Horário de Funcionamento: De Terça à sábado das 11h30 às 22h00; Domingos e Feriados das 11h30 às 16h00.

Rua Kaneda, 886 – Vila Maria

Telefone: (11) 2989-4129

Site: http://www.nacaonordestina.com.br/

Tira-gosto concorrente: Coxinha de Pernil

Preço: R$ 18

Descrição: Mini coxinhas de abóbora com pernil e maionese de milho

Foto: Beto Eterovick

12189776213_f5441e37a0_z

 

5º Lugar

BARNABÉ

Horário de Funcionamento: Segunda à quinta das 12h às 22h30h; Sexta e Sábados das 12h às 23h; Domingos e Feriados das 12h às 16h.

Praça Comandante Eduardo De Oliveira, 141 – Pq. Edu Chaves

Telefone: (11) 2242-2435

Site: http://www.barnaberestaurante.com.br/

Tira-gosto concorrente: Brasileirinho

Preço: R$ 22,90

Descrição: Mini tapiocas recheadas com creme três queijos e carne de sol, acompanhado de geleia de jabuticaba.

Foto: Beto Eterovick

12189880513_37f83ab137_z

 

LINS SUSHI

Horário de Funcionamento: Segunda à sábado das 12h00 às 23h00

Rua Brigadeiro Galvão, 181 – Barra Funda

Telefone: (11) 3825-0554

Tira-gosto concorrente: Tilapia do Japa

Preço: R$ 32,90

Descrição: Tilapia empanada em tiras acompanha molhos de maracujá, picante e tártaro.

Foto: Beto Eterovick

12189967674_36d6b834a5_z

 

Serviço
Concurso Comida di Buteco 2014
Data: de 11 abril a 11 de maio

 

Cidades:

São Paulo (SP), Belo Horizonte (MG), Rio de Janeiro (RJ), Belém (PA), Campinas (SP), Fortaleza (CE), Goiânia (GO), Ipatinga (MG), Juiz de Fora (MG), Manaus (AM), Montes Claros (MG), Poços de Caldas (MG), Ribeirão Preto (SP), Rio Preto (SP), Salvador (BA) e Uberlândia (MG)

Informações gerais: www.comidadibuteco.com.br

Facebook: http://www.facebook.com/comidadibuteco

Twitter: www.twitter.com/_comidadibuteco

 

IDEARIA – comunicação & criação de conteúdo

 

“Mais Amor e mais Boteco, Por favor!”: Comida di Buteco realiza sua terceira edição em São Paulo com 50 bares participantes

 

comida di buteco

O concurso, que comemora 15 anos de existência em todo país, chega à terra da garoa entre 11 de abril e 11 de maio, com o tema de tira-gosto livre 

Sob o lema “Mais Amor e mais Boteco, Por Favor!”, o primeiro e maior concurso de cozinha de raiz do Brasil, o Comida di Buteco, convida os paulistanos a conjugar mais vezes o verbo “botecar”. Acontecendo simultaneamente em 16 cidades, com a ideia de fazer abril e maio os meses da cozinha de boteco no Brasil, o concurso comemora a marca de 15 anos de existência.

Em São Paulo, o Comida di Buteco realiza sua terceira edição, com 50 botecos apresentando novas receitas de deliciosos tira-gostos. Os estabelecimentos foram divididos igualmente em cada região da cidade: são dez botecos em cada área (Zona Norte, Centro, Zona Sul, Zona Leste e Zona Oeste).

Entre 11 de abril e 11 de maio, o público poderá conferir a temática deste ano que não poderia incentivar melhor a criatividade: a escolha dos ingredientes do petisco é livre. Com a missão de transformar vidas através da cozinha de raiz – o boteco como extensão de casa -, o concurso tem como objetivo estimular os pequenos estabelecimentos à novas criações.

Com a temática livre, a variedade de ingredientes nesta edição é enorme, assim como a diversidade gastronômica de São Paulo. Entre as culinárias presentes, encontramos a portuguesa, alemã, espanhola, japonesa, argentina e brasileira (mineira, paulistana e nordestina).

Dinâmica do Concurso

Essa é a eleição do melhor boteco da cidade. Cada participante cria um petisco para concorrer. O público e um corpo de jurados tem que visitar os botecos e votar no local. A média entre os quesitos avaliados garante o resultado da premiação. São avaliados de 0 a 10, a higiene, o atendimento, a temperatura da bebida e o petisco (que leva 70% da nota). O voto do júri vale 50% e do público 50%. O Instituto de Pesquisas Vox Populi é o responsável pela apuração dos votos nas 16 cidades.

O perfil dos botecos escolhidos

O Comida di Buteco escolhe para participar os botecos classificados pela realização do concurso como “espontâneos”: aquele boteco em que o proprietário, obrigatoriamente, administra o negócio; sua história e seu dia a dia comungam com a identidade do dono, que na maioria das vezes conta com a força de trabalho de mais pessoas da sua família.

O boteco espontâneo não faz  parte de uma rede ou franquia de marca. Vários botecos que participam são muito tradicionais, tendo de existência, grande parte da própria vida de seus donos.  Alguns passaram de pai pra filho, avô para neto. E tem aqueles que são mais recentes, mas com alma de boteco tradicional e espontâneo. Já nasceram com ótima relação com sua vizinhança e seguem fazendo tradição mesmo com menos tempo de existência. São todos estabelecimentos que tem na sua espontaneidade uma marca que os torna únicos e, portanto, especiais. O que vale é que tenha cozinha boa, a cara do dono e alma de boteco.

Sobre o Comida di Buteco

O Concurso Comida di Buteco vem cumprindo um importante papel de fomento à cozinha caseira e desenvolvimento dos pequenos estabelecimentos do setor. Concurso pioneiro nesse universo, é um dos maiores responsáveis por contribuir para legitimar o boteco como um importante ícone da cultura e gastronomia do Brasil.

São 15 anos de histórias de vida, transformadas pela força de um evento que mobiliza milhões de pessoas, em várias cidades do Brasil, em volta das mesas dos botecos. Uma trajetória marcada por muita criatividade, envolvimento do público, geração de empregos e mais de 380 receitas novas a cada edição.  O concurso já inscreve um legado à cozinha brasileira e ainda ganha mais força ano a ano, se consolidando como plataforma socioeconômica em cada uma das cidades onde é realizado.

Entre as cidades participantes: Em São Paulo: São Paulo, Campinas, São José do Rio Preto e Ribeirão Preto. Rio de Janeiro, Goiânia, Fortaleza, Belém, Manaus, Salvador. Minas Gerais: Belo Horizonte, Montes Claros, Ipatinga, Poços de Caldas, Uberlândia e Juiz de Fora.

Graças à sua dinâmica e formato, estimulando a visitação aos botecos participantes, o concurso alavanca o desenvolvimento do boteco e do próprio setor como um todo. A mensuração de resultados realizada pela organização  aponta,  ano a ano, crescimento do impacto na cadeia produtiva relacionada.

NÚMEROS DO COMIDA DI BUTECO 2013 EM TODO PAÍS:

è    Botecos participantes: 380

è    Votos do público: 480 mil

è    Empregos gerados: 3.600

è    Tira-gostos vendidos: 380 mil

è    Cadeia de valor impactada: 81 milhões

è     37 mil turistas

Patrocínio e apoio

Toda a receita para realização do Comida di Buteco é proveniente de patrocínios e apoios. Neste ano, a Heineken é a Cerveja Oficial do Comida di Buteco. O concurso conta também com o patrocínio das marcas Lays, Sky e Trident, além do apoio de Doritos, Azeite Gallo, Philadelphia, Frank’s RedHot , Abrasel, Hotel Dan Inn, SP Turis e Bares SP.

Serviço:

Concurso Comida di Buteco 2014
Data
: de 11 abril a 11 de maio

Cidades:

São Paulo (SP), Belo Horizonte (MG), Rio de Janeiro (RJ), Belém (PA), Campinas (SP), Fortaleza (CE), Goiânia (GO), Ipatinga (MG), Juiz de Fora (MG), Manaus (AM), Montes Claros (MG), Poços de Caldas (MG), Ribeirão Preto (SP), Rio Preto (SP), Salvador (BA) e Uberlândia (MG)

Informações gerais: www.comidadibuteco.com.br

Facebook: www.facebook.com/ComidadiButeco

Twitter: www.twitter.com/comidadibuteco

 

Suplicy Cafés dos Jardins recebe o 1º Campeonato Brasileiro de Blends de Cafés Especiais no dia 18 de outubro e apresenta a exposição “África em Movimento”, do fotógrafo Gustavo Almeida, a partir de 24 de outubro

Realizado pela BSCA (Associação Brasileira de Cafés Especiais), a competição tem como objetivo promover os cafés especiais de diferentes regiões do país e o público escolherá o blend vencedor

Suplicy Cafés Especiais dos Jardins (Al. Lorena, 1430) recebe na próxima sexta-feira, 18 de outubro, às 14h, o 1º Campeonato Brasileiro de Blends de Cafés Especiais. Realizado pela BSCA (Associação Brasileira de Cafés Especiais), a competição tem o objetivo de promover os cafés especiais produzidos em diferentes regiões dos estados de São Paulo, Minas Gerais, Bahia, Espírito Santo e Paraná.

Com as amostras de cafés – do tipo arábica – previamente selecionadas pela BSCA, as equipes inscritas criarão blends exclusivos. Um barista, fora da disputa, irá preparar os espressos com cada um dos blends. Os cafés serão servidos ao público presente, que irá votar e escolher o blend vencedor.

 

Suplicy Cafés Jardins apresenta a exposição “África em Movimento”, do fotógrafo Gustavo Almeida, a partir de 24 de outubro

Mini LeaoMini Paraiso

 As fotos, que retratam a vida na selva africana, serão exibidas na loja da Alameda Lorena, nos Jardins, e ficam expostas de 24/10 a 23/11.

Tendo como inspiração o prestigiado documentarista sul-africano John Varty, Gustavo Almeida se especializou em fotografar a vida selvagem na África. Com imagens feitas no Parque Nacional Kruger, África do Sul, e no Parque Nacional Hwange, Zimbabwe, a mostra na Suplicy Cafés reúne cinco fotos – coloridas e em preto e branco – que revelam a paixão e a dedicação do fotógrafo ao clicar a imprevisibilidade de animais selvagens em lugares paradisíacos.

 

Suplicy Cafés Especiais

Endereço: Al. Lorena, 1430, Jardim Paulista (mais quatro endereços em São Paulo)

Horários: segunda a sexta, das 7h30 às 21h / sábado, das 8h às 21h/ domingo, das 8h30 às 21h.

Telefone: (11) 3061-0195 – Site: www.suplicycafes.com.br

 

Sofia Carvalhosa, Viva Kauffmann e Renata Martins