Primeira Escola Francana de Gastronomia: uma experiência única na região

As aulas são ministradas de forma divertida, fazendo do aprendizado um verdadeiro entretenimento.

Pensando em levar a namorada para comer fora? Que tal incrementar essa história com uma experiência gastronômica inédita? Acaba de inaugurar a Primeira Escola Francana de Gastronomia, onde você pode experimentar diversos pratos bem elaborados, feitos por você mesmo, e ainda sair com diploma de chef aprendiz!

 

A experiência é feita de forma bem relaxada, livre de pressão. “Construímos um espaço divertido, onde o entretenimento é o nosso maior objetivo”, diz Flávia Junqueira, a proprietária, que divide o novo projeto com o sócio Gustavo Miranda, ambos Chefs com especializações internacionais. “Aqui você vive uma experiência única na região: tem a oportunidade de provar pratos criativos e bem elaborados, e ainda leva o aprendizado na bagagem”, explica Gustavo.

A Escola Francana de Gastronomia oferece três tipos de cursos: Profissionais, dedicados ao estudante de gastronomia, cozinheira, funcionária doméstica e garçom; Kids, com aulas lúdicas em um espaço 100% seguro; e Entretenimento, em que são oferecidos cursos rápidos e práticos, de forma individual, em dupla e até em grupos de amigos, família ou colegas de trabalho.

Na prática, você é recebido na sala de degustação, onde será apresentado ao menu escolhido. Com ajuda do vídeo, são explanados diversos detalhes – da origem e cultura do prato a melhor forma de degustá-lo. Você também recebe uma espécie de “receita”, um descritivo dos ingredientes e modo de preparo do cardápio inteiro.

Então, o “aluno” é levado para a Cozinha Experimental, onde tudo acontece. Lá encontrará todos os utensílios, equipamentos e ingredientes necessários e devidamente organizados para a feitura do cardápio: entrada, prato principal e sobremesa. Lembrando que até limpeza e organização fazem parte da experiência e aprendizagem. A finalização também é de suma importância. “As pessoas selecionam o que vão comer pela aparência e pelo aspecto”, diz Flávia. “O que é bonito e atrativo aos olhos nos parece mais apetitoso. É importante buscar harmonia entre os elementos”, completa Gustavo.

Para quem se interessou, saiba que a grade de aulas deste mês está bem interessante e repleta. Há cursos para crianças, massas artesanais, brigadeiro gourmet, fondue, hambúrguer, receitas fit, sushi, sobremesas práticas, trivial, temaki, entre muitos outros.

O preço da experiência pode variar de R$ 90 a R$ 150, conforme o menu.

A Escola Francana de Gastronomia fica na Rua Adelina Finori Pasquino, 630, Jardim Lima. (16) 3722-6640 e (16) 9.9988-6640.

http://www.efgastronomia.com.bra

Facebook: Escola Francana de Gastronomia

Instagram: @escolafrancanadegastronomia

 

A Região da Alta Mogiana no World of Coffee Budapeste 2017

AMSC e delegação de produtores de cafés especiais visitam a festejada exposição na capital da Hungria.

Há muitos bons motivos para visitar a World of Coffee Budapest 2017, mostra interativa com mais de 200 fornecedores de cafés, dos mais inovadores do mundo: competições emocionantes, simpósios inspiradores, seminários e oficinas educativas, entre muitas outras atrações, sem contar o passeio pela fascinante capital da Hungria, principal centro financeiro, corporativo, mercantil e cultural do país. Essa bela cidade agora abre suas portas para representantes de regiões únicas do planeta, na produção do café especial.

É o caso da Região da Alta Mogiana, representada por sua Associação – a AMSC –, que participa da feira com uma delegação composta por produtores, cujas bagagens incluem amostras campeãs de cafés especiais.

Recentemente comparada às vinícolas de Borgonha, por Russell Hayward, dono da rede de cafeterias Ascension, de Dallas (Texas, EUA), tal o entusiasmo do empresário pela forma singular do manejo de seus cafezais, a Região da Alta Mogiana encanta a todos que se dispõem a conhecê-la mais profundamente.

Ali não se cultiva grãos, apenas. Planta-se história, paixão pelo café, pela terra, pela família…  E se colhe muita expertise. Com sentimentos de satisfação e valorização da cafeicultura, seus fazendeiros, alguns na quarta geração de lavoura de café, resgatam uma tradição local de 200 anos – o que lhes possibilita não apenas conhecimento científico como também empírico, vivenciando todas as “ondas” do café de forma genuína.

As caraterísticas geográficas também fazem a Região da Alta Mogiana singular. Os grãos ali cultivados crescem em altitudes privilegiadas, até 1.300 metros, que conferem corpo e buquê únicos aos sabores e aromas do café, um dos mais apreciados do Brasil e do mundo. Essa forte cultura, pautada na qualidade, na busca da excelência, selada pela responsabilidade socioambiental, é capaz de inspirar as pessoas a construírem um futuro melhor.

33

 

Região da Alta Mogiana: Vivencie a inspiração pelo café

Localizada numa área de 100 mil hectares de café (o equivalente a quase duas cidades de Budapeste), a Região da Alta Mogiana abrange 23 municípios de dois estados do Sudeste do Brasil, São Paulo e Minas Gerais. E conta com, aproximadamente, 5 mil cafeicultores que produzem em média 2,5 milhões de sacas de 60 kg/aa. Mais que produzir grãos de qualidade, seus produtores buscam a excelência. Para tal, cultivam parcerias autênticas em toda a cadeia de produção – da semente à xícara -, promovendo uma evolução contínua e responsável da Região e dos produtores.

 

Associação dos Produtores de Cafés Especiais da Alta Mogina

A AMSC é uma entidade sem fins lucrativos, fundada em 2005, por um grupo de cafeicultores, com a missão de valorizar e promover o café da Região da Alta Mogiana, criando um senso de referência por meio do conceito de origem, que leve os consumidores a associarem origem, produto e qualidade. Sua visão consiste em promover os cafeicultores e os cafés especiais da Alta Mogiana, oferecendo aos associados oportunidades de crescimento e desenvolvimento através de educação, treinamento e acesso a novos canais de comercialização. Hoje, a AMSC conta com 80 associados diretos, mais de 2,2 mil produtores abrangidos com acesso ao Selo de Origem e Qualidade. Além de realizar anualmente o Fórum de Qualidade da Região da Alta Mogiana, em sua 3ª edição, também é responsável pelo Concurso de Qualidade do Café da Região da Alta Mogiana, que terá sua 15ª edição em 2017. A AMSC já foi sede do Cup of Excellence Naturals, em 2015, e tem o Reconhecimento do Arranjo Produtivo Local de cafés especiais atestado pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Tecnologia e Inovação do Estado de SP.

Selo de Indicação Geográfica

O IG é um selo que identifica e protege os cafés da Alta Mogiana, por suas características únicas, preservando sua cultura, sua história e sua gente. Tem como objetivo diferenciar um produto e seu produtor, apontando sua origem geográfica e suas condições de produção.

http://www.amsc.com.br

http://www.worldofcoffee-budapest.com

 

 

Lilóri inaugura segunda casa no Pátio Higienópolis

Novo espaço surge com conceito “Grab&Go” especializado na produção de alimentos sem glúten e sem lácteos

São Paulo é de fato a cidade brasileira mais completa em matéria de alimentação fora de casa. A variedade em ofertas com suas especificidades chegam onde poucos poderiam imaginar.

Uma padaria, uma lanchonete, um café, uma confeitaria e ainda uma cozinha com cardápio pra lá de especializado, e tudo isso voltado à produção de alimentos nada convencionais.  Existe um local assim e que ainda consiga produzir verdadeiras delícias nesse âmbito da exclusão do glúten e da lactose, mas sem ares de comida hospitalar, como gosta de frisar a sócia Mariana Abib Pierre, ou simplesmente a Mari, a autora e no comando de todo esse trabalho prodigioso.

A Lilóri soma dois anos de sucesso e experiência inédita e acumulada.  E neste dezembro está inaugurando a segunda unidade, desta vez no Shopping Pátio Higienópolis, no piso lazer.

A novo espaço surge com o conceito “Grab&Go”, já conhecido em grandes cidades de maneira geral. Ou seja, a proposta é “pegar e levar”: os produtos que estarão dispostos em geladeiras para o cliente pegar, pagar e aí optar por saborear na hora ou levar e consumir onde preferir.

Aliado a isso, Lilóri Higienópolis foi toda planeja, arquitetada e decorada visando o atendimento dentro deste conceito unindo muito mais do que uma padaria, moderna e sofisticada, totalmente especializada na produção de alimentos sem glúten e sem lácteos, para pessoas com restrições alimentícias ou alérgicas a leite e derivados e ao glúten. Os quatro pilares da produção de pães, da confeitaria e dos cardápios para lanches e refeições da LILÓRI são: Sem glúten / Sem lácteos /  Sem conservantes / Sem açúcar refinado.

Restrição a lactose e ao glúten, aqui é levada muito a sério – mas  nos dois endereços da Lilóri, também pode ser saborosa, muito atraente e divertida…

Talvez o principal diferencial da proposta da Lilóri, se encontre no conceito de transcender a restrição alimentar e propor algo realmente atraente, nutritivo e inclusivo – ou seja, que atenda não só as (severas) exigências da dieta em si, mas também acolha quem acompanha ou não necessite obrigatoriamente de alimentos sem glúten ou lacteos. O princípio da casa é: excelência de sabor e saúde para os consumidores com e sem restrição alimentar, promovendo o bem-estar, acessibilidade e inclusão.

Portanto preparem-se para encontrar na Lilóri Higienópolis vitrines e balcões com saborosas variedades de pães, bolos, doces e salgados (tudo sem glúten, sem proteína da soja e com leites vegetais), até o famoso brigadeiro (com leite condensado de amêndoas, açúcar orgânico e cacau puro) igualzinho a um brigadeiro ‘de verdade’; e no cardápio, hambúrguer vegano, frango e ovos orgânicos, coxinha e mais um elenco de doces e salgados que também atendem aos veganos e simpatizantes do natural.

Poucas pessoas tem noção do quanto é complicado obter-se um alimento realmente livre de glúten e de leite e derivados. A rastreabilidade da matéria prima desde a colheita até a entrega, tecnologia, os equipamentos e todo o ambiente de produção são rigorosamente livres de contaminação – porque o glúten se espalha no ar, como uma poeira, e contamina o que estiver por perto, e a proteína do leite fica aderida em todo material de cozinha ou de serviço por onde passar… Daí é possível ter noção do quanto uma cozinha ou padaria especializada nesse tipo de preparação de alimentos sem lácteos ou glúten necessita ser absolutamente exclusivista, higiênica e restritiva.

Descobrindo na pele receitas para salvar vida

Só mesmo a história pessoal de Mari, e sua gravidez de risco, com o nascimento de um filho alérgico a estes componentes alimentar, os tantos anos de dedicação integral a mantê-lo alimentado e saudável, para explicar tamanho envolvimento e conhecimento no assunto, que resultaram na profissionalização e sucesso de uma casa como a Padaria Lilóri.  Foram anos de pesquisa, de experiências pessoais, de erro e acertos, que por fim, levaram-na a abandonar a profissão de advogada e ao surgimento da sua empresa. O nome Lilóri, refere-se a uma ave, que só se alimenta de pólen, e do sentido de liberdade e inclusão grupal, que as aves inspiram em seus voos em bando.

Eis o velho lema do ‘fazer do limão uma limonada’ mais que bem sucedido. A loja da rua Peixoto Gomide, nos Jardins,  é um gostoso local para compras e consumo de alimentos especiais e com saborosíssimas opções, mesmo para quem não precisa desse tipo de alimentação.  Ao final, todos saem ganhando – pois os produtos orgânicos estão mais que na ordem da boa alimentação. E descobrir que um pão de cereais integrais, ou de batata doce, tudo sem glúten e lácteos  ou um brigadeiro, uma coxinha, ou um cupcake bem guloso, ainda que diet, e até uma cerveja – sem glúten – podem ser tão ou mais gostosos que os convencionais, não tem preço!… E por falar em preço, nas duas unidades, a política de preço é surpreendentemente equivalente as boas casas do outro gênero.

As padarias também oferecem uma linha congelados, mercearia gourmet e serviço delivery.

Serviço:

Lilóri Higienópolis

www.lilori.com.br

Shopping Pátio Higienópolis (Piso Terraço) – Av. Higienópolis, 618, São Paulo – SP

Tel.: (11) 3068-8061

Horário de funcionamento: De segunda a sábado, das 10h às 22h; domingos, das 10h às 20h