Mostra de dança em São Paulo reúne grupos de diversos estados do país

A 1e. Gala D’Élégance, promovida pelo BalletAdultoKR® – Seu sonho levado a sério, com apoio da Chandon Brasil, Poème Dança, Monogramma, Biju Ballet, Ké Ribeiro- fazendo arte, Q&A Comunicações, Ateliê Eryn Santos e Nana Pereira Pilates e Ballet, apresenta um encontro dançante, de todas as modalidades e sem caráter competitivo, no dia 21 de novembro, às 19h30, no Teatro Gazeta.

Com uma programação que inclui 56 coreografias, nas categorias solos, duos, trios e conjuntos, e 21 escolas, companhias de dança e grupos autônomos de variados estados do Brasil, o evento possibilita que a sociedade veja profissionais e amadores do segmento se apresentarem em um mesmo palco.

Karen Ribeiro, idealizadora e diretora da mostra, conta que quando resolveu voltar a dançar seu desejo era ter muitos pares dançantes e, com a repercussão de seu trabalho ela idealizou um encontro que pudesse reunir bailarinos e estudantes de dança de todo o país. Essa iniciativa é uma forma de proporcionar lazer e cultura às pessoas que vão assistir ao espetáculo, quanto ao próprio elenco.

“É uma oportunidade para que os bailarinos amadores (que amam o que fazem) somem as suas experiências, e que tenham um encontro de arte sem caráter competitivo. Quero uma confraternização entre o público e os bailarinos, como uma forma de tornar a dança e os seus benefícios ainda mais acessíveis a todos. E ainda teremos a honra de termos a nossa Gala conduzida pela maitresse Liliane Benevento, e o apoio de grandes parceiros para um brinde ao final do evento, onde bailarinos e público estão convidados!”

Os ingressos podem ser adquiridos antecipadamente no site https://teatrogazeta.showare.com.br ou na bilheteria do Teatro Gazeta, localizado na Avenida Paulista, 900, São Paulo (SP), pelo valor de R$ 20,00 e R$ 10,00 meia-entrada.Para mais informações acesse: http://www.balletadultokr.com.br/

* A programação com os nomes dos grupos de dança que irão se apresentar será divulgada no evento.

* Fotografia de Tomas Kolisch Jr

Sobre o BalletAdultoKR® – Seu sonho levado a sério:

O BalletAdultoKR, fundado por Karen Ribeiro, é um espaço de dança que funciona na Associação de Cultura e Arte Flamenca do Brasil e é destinado ao ensino do ballet clássico ao público adulto, como uma atividade artística que proporciona benefícios físicos, sociais e emocionais. Karen Ribeiro e sua equipe de professores são assistidos por renomados mestres de ballet do Brasil e do exterior, como Ady Addor, Neide Rossi, Liliane Benevento e Boris Storojkov.

Serviço

1e. Gala D’Élégance

Data: 21 de novembro de 2015

Horário: 19h30

Local: Teatro Gazeta

Endereço: Av. Paulista, 900- São Paulo

Duração: 4 h (quatro horas)

Valor: R$ 20,00 e R$ 10,00

Realização: BalletAdultoKR® – Seu sonho levado a sério

Apoio: Chandon Brasil, Poème Dança, Monogramma, Biju Ballet, Ké Ribeiro- fazendo arte, Q&A Comunicações, Ateliê Eryn Santos e Nana Pereira Pilates e Ballet

Capezio inaugura sua primeira loja conceito no Brasil

capezio

Na ocasião será possível conhecer em primeira mão as novas peças da linha Capezio Luxo.

Sobre a empresa

A Capezio do Brasil foi fundada em 15 de julho de 1975 na cidade de São Paulo.

A empresa começou produzindo sapatilhas de Ballet e ao longo dos anos foi ampliando a linha de produtos, incluindo a parte de vestuário (confecção) e tecelagem, fabricando tecidos e meias para o próprio consumo. Hoje, atende todo o segmento de Dança em todas as suas modalidades, do Ballet Clássico ao Carnaval, incluindo Jazz, Sapateado, Dança de Rua, Danças Folclóricas e Típicas.

Abrange também o segmento de toda a linha de Ginástica e Fitness. Foi para Osvaldo Cruz em janeiro de 2005, em função da origem familiar associada ao galpão industrial de 12.000 m2. Tem como mão de obra direta 720 funcionários em Osvaldo Cruz, mais as unidades de Salmourão, Inúbia Paulista, São José do Rio Preto e Parapuã.

Sua sede principal ainda é em São Paulo, com central de vendas e alguns setores produtivos. Os produtos da empresa, mais de 600 itens diferentes, são colocados em todo o mercado nacional com 3000 clientes diretos, incluindo 38 lojas próprias. No mercado externo, atendemos clientes de todos os Continentes (Europa, África, Mercosul, Oriente, Austrália, Japão, China, Oriente Médio) com nossa sede internacional nos Estados Unidos, com uma central de distribuição e loja própria.

O objetivo principal da empresa é promover incessantemente o desenvolvimento e crescimento da Dança, Ginástica e Fitness, em todos os segmentos afins, bem como priorizar a inclusão social.

www.capezio.com.br

11ª Temporada de Dança do Teatro Alfa abre com GRUPO CORPO – 13 a 18 de agosto

Imagem

Até o final de julho o Teatro Alfa oferece pacote de assinatura para Temporada de Dança 2014. Entre 13 de agosto e 23 de novembro, 6 espetáculos representativos da produção de dança contemporânea compõe a programação – referência de qualidade no País – que reúne companhias brasileiras e grupos internacionais.Entre as atrações, Grupo Corpo (Brasil-MG), São Paulo Companhia de Dança (Brasil – SP) e Companhia de Dança Deborah Colker. Depois tem os internacionais Alonzo King Lines Ballet (EUA), Companhia Antonio Gades (Espanha) e Akram Khan Dance Company (Inglaterra).  Vantagem para o público é comprar o ingresso sob a forma de assinatura que inclui os 6 espetáculos. O espectador paga de R$ 203 (o mais barato) a R$ 773 (o mais caro), o que totaliza R$ 40 e R$ 129, por espetáculo, respectivamente – que pode ser parcelada em até três vezes. A venda de assinaturas vai até final de julho. Assinantes podem fazer sua renovação. Preços do pacote estão no fim do texto. Ballet do Theatro Mariinsky (Rússia), também conhecido como Ballet Kirov é atração extra.

Com programação orientada por pesquisa e pautada por trabalhos inéditos, coreógrafos e companhias criadoras de obras instigantes e significativas e pelo resgate de espetáculos do repertório de artistas icônicos, a 11ª Temporada de Dança do Teatro Alfa dá início a segunda década de sua programação de dança. Entre 13 de agosto e 23 de novembro, seis companhias pisam no palco que é referência na área em São Paulo.

Com espetáculos atraentes, diversificados e representativos da produção de dança contemporânea, a programação – referência de qualidade no País – reúne companhias brasileiras e grupos internacionais. Na parte internacional, apresenta o trabalho de três grandes coreógrafos que têm como características comuns uma expressão artística influenciada por suas origens, suas raízes culturais e pela forma como criaram uma técnica singular na produção contemporânea: Akram KhanAlonzo King e Antonio Gades. Na ala nacional, completam a agenda apresentações de três companhias que se situam entre os melhores e mais sólidos do Brasil: Grupo CorpoCompanhia de Dança Deborah Colker e São Paulo Companhia de Dança.

Como atração extra, em uma parceria com a Dell’Arte Soluções Culturais, o Teatro Alfa oferece a possibilidade de adquirir antecipadamente ingressos de uma das mais importantes e tradicionais companhias de balé clássico do mundo: o Ballet do Theatro Mariinsky (Rússia), também conhecido como Ballet Kirov.

A temporada de Dança começa com uma das referências no panorama nacional da dança, o mineiroGrupo Corpo de 13 a 18 de agosto, com as coreografias Ongotô (2005, com músicas de Caetano Veloso e José Miguel Wisnik) e Triz (2013, com trilha sonora de Lenine). A jovem São Paulo Companhia de Dança vem a seguir, de 21 a 24 de agosto. De 29 de agosto a 7 de setembro é a vez da diversidade e da inquietação da Companhia de Dança Deborah Colker.

O visionário coreógrafo americano Alonzo King, da Lines Ballet mostra seu conceituado trabalho de dança contemporânea de 26 a 28 de setembro. A Companhia Antonio Gades dança dias 30 de setembro e 1º de outubro.  O coreógrafo e bailarino inglês Akram Khan, com suas provocativas e ambiciosas produções, sobe ao palco de 17 a 19 outubro.  Como espetáculo opcional no pacote de assinaturas está o Ballet do Teatro Mariinsky (Ballet Kirov), de 19 a 23 de novembro.

13 a 18 de agosto – Grupo Corpo

21 a 24 de agosto – São Paulo Companhia de Dança

29 de agosto a 7 de setembro – Companhia de Dança Deborah Colker

26 a 28 de setembro – Alonzo King Lines Ballet

30 de setembro e 1º de outubro – Antonio Gades

17 a 19 outubro – Akram Khan

Espetáculo opcional

19 a 23 de novembro – Ballet do Teatro Mariinsky (Ballet Kirov)

Benefícios do Assinante

* 15% de desconto nos ingressos dos espetáculos da Temporada (Assinatura especial – 30% de desconto para pessoas da terceira idade e estudantes);
* Poltrona cativa em todos os espetáculos da Temporada de Dança 2014;
* 50% de desconto no serviço de valet park;
* 10% de desconto na compra de ingressos para outros espetáculos da programação do Teatro Alfa;
* 04 ingressos para qualquer espetáculo da Temporada Infantil 2014;
* Kit de assinatura (ingressos e vouchers) entregue em casa;
* Pagamento em até 3 vezes sem juros com cartão de crédito;

Para efetuar sua assinatura, cadastre-se no site www.teatroalfa.com.br/temporada2014.
Mais informações pelos tels:
11 5693.4000 e 0300 789 33 77.
Não há garantias para as mesma poltrona no caso de trocas;
Programação sujeita a alterações.

Imagem

Programação

 

Grupo Corpo – 13 a 18 de agosto

Direção artística – Paulo Pederneiras

Coreografia – Rodrigo Pederneiras

Programa: Ongotô (2005) e Triz (2010)

Criada para comemorar os 30 anos do Corpo, a coreografia Ongotô tem músicas de Caetano Veloso e José Miguel Wisnick. Já Triz tem trilha sonora de Lenine.

Fundado em 1975, em Belo Horizonte, o Grupo Corpo consolidou-se como uma das referências do panorama nacional da dança. São 35 coreografias e mais de 2.200 récitas no histórico desta companhia mineira de dança contemporânea, que mantém 10 balés em repertório e faz uma média de 70 récitas anuais, apresentando-se em lugares tão distintos quanto Islândia e Coreia do Sul, Estados Unidos e Líbano, Itália e Cingapura, Holanda e Israel, França e Japão, Canadá e México.

 

São Paulo Companhia de Dança – 21 a 24 de agosto

Direção artística – Inês Bogéa

Programa: Le Spectre de la Rose (de Michel Fokine, 2014)

Petite Mort (de Jirí Kylián, 2013)

wokwithnwork (ESTREIA/ de William Forsythe)

Estreia da remontagem da coreografia Workwithinwork, de Wiliam Forsythe, além de obras-primas de dois ícones da dança: Jirí Kylián (Petite Mort Petite Mort) e Michel Fokine (Le Spectre de la Rose).

Criada em janeiro de 2008 pelo Governo do Estado de São Paulo. Seu repertório contempla remontagens de obras clássicas e modernas, além de peças inéditas, criadas especificamente para o seu corpo de bailarinos. Dirigida por Inês Bogéa, já foi assistida por um público superior a 340 mil pessoas em 6 países, passando por 60 cidades, em mais de 390 apresentações. O repertório vai do clássico ao contemporâneo. Em 2014, sua marca de inovação e tradição se mantém com 6 novas estreias, entre elas a remontagem de La Sylphide (1836), pelo argentino Mario Galizzi – marco do balé romântico visto no corpo dos bailarinos de hoje. E ainda uma criação internacional inédita e a remontagem de Workwithinwork, de Wiliam Forsythe.

 

Cia de Dança Deborah Colker – 29 de agosto a 7 de setembro

Direção artística e coreografia – Deborah Colker

Programa: Belle (2014)

Seu mais novo espetáculo, Belle, é baseado no romance Belle du Jour, do escritor francês Joseph Kessel, adaptada para o cinema por Luis Buñuel. Nesta adaptação, a coreógrafa desvia-se das convenções da narrativa e navega por instintos e forças que compõem a obra da literatura mundial, com imagens surpreendentes e sensuais.

Criada em 1993, no clube Casa do Minho, onde Deborah dava aulas. Oficialmente, estreou em 1994, no Theatro Municipal do Rio de Janeiro, em programa duplo com o Grupo Momix. Em 1995, conquistou o patrocínio exclusivo da Petrobrás, o que lhe tem possibilitado alçar grandes vôos e se firmar no panorama da dança mundial. Apresentou-se na Alemanha, Argentina, Áustria, Canadá, Chile, Cingapura, Colômbia, Escócia, Estados Unidos, França, Holanda, Hong Kong, Inglaterra, Irlanda, Japão, Macau, México, Nova Zelândia, País de Gales, Paraguai, Portugal e Uruguai, conquistando vários prêmios. Tem 10 espetáculos no repertório.

 

Alonzo King Lines Ballet – 26 a 28 de setembro

Direção artística – Alonzo King

Programa: Constellation

Constellation explora a orientação de nossos corpos para a luz. Colaboração inovadora com o artista Jim Campbell, o espetáculo é marcado pela música barroca (cantada por mezzo soprano), pelos figurinos de Robert Rosenwasser e pela iluminação de Axel Morgenthaler.

Companhia de balé contemporâneo, sediada em São Francisco, Estados Unidos, e conduzida desde 1982 pela visão artística singular do coreógrafo Alonzo King. Com a colaboração de compositores, músicos e artistas plásticos de todo o mundo, King cria obras baseadas em um conjunto diversificado de tradições culturais profundamente enraizadas, dando ao balé clássico um potencial expressivo. King vê a dança como uma ciência, baseada nos princípios geométricos da energia e da evolução. A coreografia visionária de Alonzo é conhecida por conectar o público a um profundo senso de humanidade. Fez apresentações em festivais internacionais como Venice Biennale, Monaco Dance Forum, Maison de la Dance, Edinburgh International Festival, Montpellier Danse, the Wolfsburg Festival, e Holland Dance Festival.

 

Antonio Gades – 30 de setembro e 1º de outubro

Direção artística – Stella Arauzo

Coreografia – Antonio Gades e Carlos Saura

Programa: Fuego (1989)

O espetáculo integra as atividades do 10º aniversário de morte de Antonio Gades (1936-2004), maior ícone da dança flamenca. Se em Gades, a companhia foi mantida com o objetivo de preservar o legado do bailarino e coreógrafo, responsável pela renovação da linguagem do flamenco, sem se afastar de suas origens. Fuego foi concebido por Gades e Carlos Saura, com inspiração no balé El Amor Brijo, de Manuel de Falla. Estreou no Thèâtre du Châtelet, em Paris, em 1989, quando fez uma turnê internacional. Volta agora sob a direção de Stella Arauzo, que dançou com o mestre por muitos anos.

 

Akram Khan – 17 a 19 outubro

Direção artística e coreografia – Alonzo King

Programa: Desh (2011)

Ao mesmo tempo íntima e épica, a coreografia Desh explora fragilidade diante das forças naturais, e celebra a resistência do espírito humano nos ritmos de trabalho, no sonho e história, na transformação e sobrevivência. O solo estreou em 2011 em Nova York, e foca as histórias que foram contadas a King quando criança, mas a partir da perspectiva de um homem adulto. Mescla a tradição de Kathak de contar histórias, com o artista se transformando para interpretar vários papeis, com os recursos da dramaturgia ocidental.

Akram Khan é um dos mais famosos e respeitados artistas da dança do Reino Unido. Em pouco mais de uma década criou uma companhia que tem contribuído significativamente para as artes culturais de seu país e no exterior. Sua reputação foi construída sobre o sucesso de produções criativas, altamente acessíveis e relevantes, tais como DeshVertical RoadGnosis e Zero Degrees. Movendo-se entre Grã-Bretanha e Bangladesh, Khan tece fios da memória, a experiência e o mito em um mundo surreal de conexão surpreendente.

 

Ballet do Teatro Mariinsky (Ballet Kirov) – 19 a 23 de novembro

Direção artística – Uliana Lopatkina

Coreografia – Jules Perrot e Marius Petipa

Programa: O Corsário (1987) – Participação: Orquestra Sinfônica e Barra Mansa, regida pelo maestro Mikhail Agrest

Famoso balé do repertório clássico, O Corsário – que estreou em São Petersburgo em 1858, com coreografia de Jules Perrot – é um dos sucessos da companhia e veículo privilegiado para o brilho de seus solistas. Afiliado ao Teatro Mariinsky de São Petersburgo, é uma das mais importantes companhias de balé da História. Seu nome havia sido substituído por Kirov, mas, com o fim da União Soviética, voltou a se denominar Mariinsky. Foi para esta companhia que o coreógrafo Marius Petipa encenou a maioria de suas obras-primas, em especial as reformulações de GiselleO Lago do Cisnes eO Corsário.

Escola de Dança Celso Vieira oferece curso expresso de samba

 Imagem

A Escola de Dança Celso Vieira inicia um curso básico de Samba no Pé para mulheres, em 3 aulas, nos dias 7, 14 e 21 de fevereiro (sexta-feira), das 20h30 às 21h30. Durante as aulas, a professora Kátia Vieira ensinará alguns movimentos harmoniosos de braços e pernas, específicos mulheres, com técnica, postura, ritmo e graciosidade.

Preço: R$ 90,00.

Inscrições e outras informações podem ser obtidas na sede da escola (Av. Dom Pedro I, 1145- Ipiranga) ou pelo telefone 2061-5652.

www.celsovieira.com.br

contato@celsovieira.com.br

 

 

Galldino convida para O Baile de Máscaras no Cine Joia

Integrante do Teatro Mágico reúne dança contemporânea, artes plástica, música pop e clássica, poesia e interatividade

No dia 08 de março, sábado, o Cine Joia recebe o espetáculo multimídia de Galladino, cantor, compositor e instrumentista, integrante da trupe O Teatro Mágico. O espetáculo, que leva o nome de O Baile de Máscaras, traz músicas autorais de Galldino, citações de clássicos da MPB, poesia, coreografias de dança contemporânea projetadas em sombras e muitas outras interatividades.

A concepção e direção do espetáculo são assinadas pelo próprio Galldino, que traz um roteiro escrito com excertos da poesia de Florbela Espanca e de tiradas do livro “Minhas mais loucas tags”, de Galldino. O repertório do show é formado pelas canções dos dois discos solo do cantor, de clássicos do pop nacional e, claro, dos principais sucessos d´O Teatro Mágico; Ao longo das músicas, aparecem citações de J.S. Bach.

A formação instrumental é eletroacústica e conta com vocal, violino, viola de 10 cordas, guitarra, baixo e pesadas bases sampleadas de beatbox. Para completar o espetáculo, Galldino convida o público para entrar no clima da noite com máscaras e roupas nas cores preta e branca.

Nascido em Feira de Santana, na Bahia, Galldino veio para São Paulo aos 18 anos. Tocou com diversos artistas, mas decidiu ser um artista independente em 2004, após voltar da Holanda. Galldino é conhecido por ser integrante e um dos fundadores do grupo O Teatro Mágico, mas mantém um trabalho solo consistente, que já conta com dois discos lançados.

Galldino – Baile de Máscaras @ Cine Joia

Sábado, 08 de março

Abertura da bilheteria:

Abertura da casa:

Horário previsto do show:

Valores:

1º Lote: R$ 50,00 (inteira) / R$ 25,00 (meia-entrada);

2º Lote: R$ 60,00 (inteira) / R$ 30,00 (meia-entrada)

Locais de venda:

http://www.facebook.com/cinejoia na aba “Compre seu Ingresso” e cinejoia.tv/ingressos

• Cine Joia: Praça Carlos Gomes, 82 (segunda-feira a sexta-feira, das 10h às 18h, e durante o final de semana, a bilheteria só abre em dia de show, 1h antes da abertura oficial da casa).

 

Cine Joia

Praça Carlos Gomes, 82 – Liberdade

http://www.cinejoia.tv

Telefone: 3231.3705 / 3131-1305

Capacidade: 1.300 pessoas

Cartões de crédito e débito: Visa, Mastercard, Diners, Elo e American Express

Possui área de fumantes e acesso a deficientes

Censura: 18 anos

Chapelaria: R$ 5,00

Serviço de vallet: R$ 25,00

O Cine Joia respeita a lotação máxima determinada por lei.

 

Agência Lema

O Quebra-Nozes estreia dia 12 de dezembro, no Teatro Alfa em São Paulo

Em 2013, a remontagem do clássico de Natal O Quebra-Nozes, de Tchaikovsky (1840-1893), produzida no Brasil pela Cisne Negro Cia. de Dança, completa 30 anos. Com apresentações entre 12 e 22 de dezembro, no Teatro Alfa, em São Paulo, o balé conta com um elenco de 120 artistas, da Cisne Negro Cia. de Dança, com direção artística de  Hulda Bittencourt e  direção de ensaios de Dany Bittencourt.

“O Quebra Nozes”, um clássico universal da dança com música de Tchaikovsky, exerce cada vez mais um enorme fascínio sobre o público. É uma obra prima repleta de fantasia e romantismo, encenada com grande sucesso no mundo todo e que emociona pessoas de todas as idades.

O espetáculo mostra as colorações sinistras e fantásticas criadas por Tchaikovisky em uma adaptação francesa de um trecho do conto Nusskracker uns Mauserkonnig – “O Quebra Nozes e o Rei dos Camundongos” – de Hoffman. Para ele só a fantasia tem o poder de elevar as almas puras, sufocadas pela realidade, ao reino imenso da ilusão, domínio da beleza e da face maravilhosa dos seres e objetos.

Considerada uma das melhores companhias contemporâneas do país, dentro da filosofia da Cisne Negro encontram-se a originalidade, a tradição e a preocupação de formar novas platéias, buscando públicos capazes de apreciar a inovação e a beleza.

A companhia nasceu de uma circunstância especial: sua diretora artística, Hulda Bittencourt, juntou as alunas do já famoso Estúdio de Ballet Cisne Negro com alguns atletas da Faculdade de Educação Física da Universidade de São Paulo (USP).

A aproximação desses dois universos deu ao grupo sua principal característica: uma dança espontânea, energética, viril e de grande qualidade técnica e artística. Uma dança laureada por diversos prêmios.
Os trabalhos da companhia inserem-se dentro do panorama contemporâneo da dança ocidental, e conseqüentemente, desde o início, a companhia trabalha com coreógrafos inovadores e jovens.
Dentre eles se destacam Vasco Wellencamp (Portugal), Gigi Caciuleanu, Patrick Delcroix (França), Janet Smith e Mark Baldwin (Inglaterra), Ana Maria Mondini, Antonio Gomes, Dany Bittencourt, Denise Namura, Tíndaro Silvano, Mário Nascimento e Rui Moreira (Brasil), Júlio Lopes e Luis Arrieta (Argentina), Michael Bugdahn (Alemanha), Victor Navarro (Espanha) e Itzik Galili (Israel), Peter de Ruiter e Eva Villanueva (Holanda)
Os trabalhos da Cisne Negro foram apresentados nas principais cidades do Brasil e, na Inglaterra, Estados Unidos, Canadá, Espanha, Uruguai, Paraguai, Argentina, Alemanha, Moçambique, África do Sul, Chile e Tailândia,  o grupo exibiu-se como um modelo de trabalho dentro da dança brasileira, um trabalho construído com profissionalismo e paixão.

Sucesso de crítica e de público, em 2013 o grupo comemora 36 anos de existência olhando para o futuro, sempre pronto para levar a sua inovadora dança aos quatro cantos do planeta.
O Quebra Nozes

I Ato

Na noite de Natal, a família Silberhaus realiza uma grande festa. As crianças Clara e Fritz recebem os presentes e a alegria é geral ! No meio da festa chega Drosselmayer, o mágico, padrinho de Clara, fazendo truques e mágicas. Entre os seus presentes estão bonecos mecânicos de aparência humana que dançam. Todos se comovem com a beleza e graciosidade da cena.
Drosselmayer dá de presente à Clara um Quebra-Nozes com aparência de soldadinho. Encantada com seu novo brinquedo, Clara começa a dançar, mas seu irmão Fritz, invejoso toma-lhe o boneco, que se quebra na confusão. Drosselmayer conserta o boneco e consola Clara. Os convidados se retiram e todos dormem, exceto Clara, que volta à sala para brincar com seu boneco Quebra-Nozes, deixado perto da árvore. Na sala escura, Clara ouve os ruídos de ratos e Drosselmayer aparece. O boneco toma vida e começa a lutar contra os ratos para defender Clara, quando surgem o Rei dos Ratos e os soldados de chumbo. O Rei dos Ratos e o Quebra-Nozes lutam até ferirem-se mortalmente. Os ratos retiram seu rei e Clara corre ao encontro do seu Quebra-Nozes, e ao vê-lo morto, começa a chorar. É quando o encanto se quebra e o boneco se transforma em um príncipe, que leva Clara para visitar o Reino dos Doces. Eles viajam pelo Reino das Neves, onde a neve começa a cair e os flocos se transformam em criaturas vivas, que dançam lideradas por sua rainha.

II Ato

No Reino dos Doces, o príncipe apresenta Clara à corte e explica como ela salvou-lhe a vida na batalha contra os ratos. Clara é coroada princesa do reino. Todos lhe prestam homenagens executando diversas danças: Espanhola, Árabe, Chinesa, Flautas, Russa, Valsa das Flores, além de um lindo pas-de-deux da Fada Açucarada com seu príncipe.
Finalmente Drosselmayer reaparece… O sonho se desvanece e Clara é levada à realidade.

Jacques Janine assina a beleza do espetáculo O Quebra-Nozes; seus profissionais  apoiam o evento há 16 anos

O espetáculo é produzido pela equipe de profissionais da rede de salões de beleza Jacques Janine, sob o comando da consultora de imagem e maquiadora oficial da rede, Chloé Gaya.

 “O Quebra-Nozes é um espetáculo que adoramos apoiar. Nesta edição, comemoramos 16 anos de parceira para sua produção artística. Desde o início do projeto, que começou com minha avó Janine Gossens, os profissionais da rede tiveram uma oportunidade enriquecedora, pois puderam transformar a apresentação em um momento único e especial”, ressalta Chloé Gaya.

De 12 a 22 de dezembro

Segunda a quinta, 21h

Sexta-feira, 21h30

Sábado, 18h e 21h

Domingo, 16h e 19h

R$ 60/R$ 100

Ingresso Rápido (www.ingressorapido.com.br)

ou pelos telefones:
11 5693-4000 | 0300 789-3377