Estilo para todas as Mães

Foi o tempo em que usar óculos era careta, que as pessoas se escondiam atrás das armações ou optavam direto pela lente de contato. Agora usar óculos é divertido, é ousado, é  tendência, usar óculos está na Moda. E a Stepper faz a lição de casa, trazendo lindos modelos para agradar a todos os tipos de mães nesta data.

De geração em geração, os modelos destacam cada estilo e visual. Todos compostos por TX5 – material extremamente leve, resistente e hipoalergênico, desenvolvido na Suíça para uso exclusivo da Stepper Eyewear. Com detalhes nas hastes, ponte e acabamentos em titânio, bem mais resistente e 50% mais leve que outros metais, além de ser livre de corrosão e antialérgico, permite desenhos e relevos em cortes a laser.

Para a mãe mais jovem e antenada com as tendências da Moda: nossa escolha fica entre a linha jovem, Stepper S ou a Eclectic, no estilo vintage, uma tendência que veio para ficar, que revisita com estilo clássicos inesquecíveis.

jovem

Já para a mãe que, apesar da idade, não abandona o estilo moderno e faz questão de ser notada, passeamos pela atrativa Eclectic e pela Stepper, linha clássica com toque original.

idade

Mas, como estilo não tem idade, sugerimos desde um modelo vintage da coleção Eclectic, para ela revisitar épocas que trazem boas lembranças da adolescência, até um modelo mais clássico, sem dispensar a classe.

sem idade

 

Todos os modelos estão disponíveis nas principais óticas do Brasil. (Caso precise citar um endereço e preço, favor solicitar).

http://www.legadostepper.com.br

 

CL&S Comunicações

Bazar da Cidade, Edição de NATAL, hoje e amanhã, na Obra de Arte

A edição da Natal do Bazar da Cidade acontece de 16 a 18 de Dezembro, sempre das 11h às 21h. Na Obra de Arte, em Moema, um dos lugares mais charmosos de São Paulo.

      Comprar presentes para quem amamos, admiramos ou nos ajudou durante todo o ano: que delícia! E os bazares são sempre uma criativa opção.

       “Bazar significa ter o contato com o exclusivo, o bom gosto, a criatividade, o inédito. É a oportunidade de comprar direto dos criadores – o designer, o estilista, o artesão”, afirma Bel Pereira, curadora do Bazar da Cidade.

        Esta será a terceira edição do Bazar da Cidade. A primeira aconteceu em agosto de 2015, no Brooklin; a segunda, em Agosto deste ano, também naObra de Arte.

        Bel Pereira cuidou para que o mix de expositores – cinquenta e três – encantem os visitantes com os mais variados produtos. “Vamos ter de tudo: do presente cheio de bossa e mais em conta ao mais sofisticado e especial”, afirma. E acrescenta: “Importante saber que, nestes tempos tão bicudos que atravessamos, bons preços contam muito”.

        É grande a variedade de opções. São roupas cheias de estilo, pijamas, tricôs, sedas pintadas, feltragem manual, biquínis, sapatos, bolsas, nécessaires, joias, semijoias e bijoux, vitral, vidraria, cerâmica, objetos em ferro, arte têxtil, marchetaria, papelaria, essências florais, tarô, comidinhas deliciosas e variadas, vinhos e outras bebidas e ainda tarô e muita música!

Belo jardim com entretenimentoA graça da edição de Natal do Bazar da Cidade está também no ambiente que ocupa: a Obra de Arte. O espaço, de Carmen Lígia Pinto, ao longo dos últimos vinte anos organizou os mais badalados bazares da cidade.

        “Estar na Obra de Arte é um prazer, e também um privilégio imenso”, afirma Bel Pereira. “Ele sempre foi um espaço de referência no mercado de bazares de São Paulo”. Além de toda a sua estrutura e de salas espaçosas e bem iluminadas, a Obra de Arte tem, em sua parte de trás, um jardim belíssimo, uma espécie de quintal dos velhos tempos, com plantas nativas e um centenário bambuzal.

        E como final de ano combina com reencontro e confraternização, estar no Bazar da Cidade será certamente muito mais que comprar e levar presentes lindos para casa e para os amigos.

        “Frequentar o Bazar da Cidade significa encontrar gente criativa, inteligente e divertida e também ouvir muito boa música. É mais que comprar. É se entreter e relaxar com muita coisa bonita em torno”, ressalta Bel Pereira.

Mais informações e expositores:  https://www.facebook.com/bazardacidade/?fref=ts

Serviço – O Bazar da Cidade, edição Natal 2016, acontece nos dias 16, 17 e 18 de Dezembro (de sexta-feira a domingo). Em todos os três dias, sempre das 11 às 21 horas.

Na Obra de Arte, Rua Indiaroba 97, Moema, tel. 5535-2935.

Entrada gratuita. Estacionamento bem ao lado.

 

Arlene Colucci Comunicação

 

Central Caos recebe a primeira edição da Timoneiro Feira de Arte nos dias 3 e 4 de dezembro

Com curadoria de Silvana Mello, o evento reunirá 15 expositores

Nos dias 3 e 4 de dezembro acontece, na loja e bar Central Caos, entre 11h e 19h, a primeira edição da Timoneiro Feira de Arte, que terá mais de 15 expositores com obras que vão de bijuterias étnicas a colagens e telas. Os artistas convidados são Carlos Issa, Carlos Dias, Dea Lellis, Daniel Melim, Felipe Cama, Ignácio Aronovich, Louise Chin (Lost Art), Luísa Ritter, Marcio Banfi, Mario de Alencar, Paula Plim, Rael Brian, Silvana Mello, Thais Ueda, Talita Hoffmann e Banquinha de Bijuterias Étnicas da Múmia Medusa.

Quem assina a curadoria é Silvana Mello, artista plástica que há 15 anos trabalha, basicamente, com arte autoral. Foi apresentada pela Galeria Choque Cultural, na qual expôs por seis anos, e, no mesmo período participou de diversas mostras e exposições em São Paulo, Rio de Janeiro, Los Angeles e Inglaterra.

“O objetivo da Timoneiro Feira de Arte no Central Caos, que tem peças com preços entre R$ 100 e R$ 3.000, é fazer com que cada vez mais pessoas possam adquirir trabalhos autorais de artistas conceituais que, geralmente, expõem apenas em galerias”, explica Silvana.

A loja e bar Central Caos, que funciona na Rua General Júlio Marcondes Salgado, 321, em Santa Cecília, São Paulo, novo empreendimento dos sócios Tibira Martins e Kadu Paz, abriga uma loja, um ateliê, shows, feiras esporádicas, workshops, funciona como um estúdio para locações de publicidade e cinema e, claro, tem um bar que oferece drinks, sanduíches, porções, pratos e sobremesas. O acervo agora inclui móveis, carros antigos, lambretas e afins. A loja Central Caos funciona de segunda-feira a sábado, das 11h às 18h, enquanto o bar abre de terça-feira a domingo, sempre às 18h.

“O Central Caos integra um bar e uma loja com o intuito de apresentar várias alternativas de lazer em apenas um local e valorizar uma estética mais voltada para as artes visuais”, explica Tibira. A identidade visual do local, que funcionou durante antes como uma oficina mecânica, é assinada pelo artista plástico Samuel Lenzi.

Timoneiro Feira de Arte @ Central Caos
Endereço: Rua General Júlio Marcondes Salgado, 321 – Santa Cecília
Data: 3 e 4 de dezembro, das 11h às 19h
Entrada gratuita
Formas de Pagamento: Dinheiro, cartões de débito e créditos das bandeiras Master e Visa
Telefone: (11) 3661-2009                                                                                                                                  Acessibilidade 

Agência Lema

Sergio K. apresenta novidades em produtos importados para o final de ano

Parceria com Gin Beefeater London Dry oferece produto britânico nas principais lojas e e-commerce da marca Sergio K.

Conhecido por seu lifestyle único, o empresário Sergio K. faz curadoria de produtos internacionais selecionados diretamente por ele em suas viagens pelo mundo, pensando especialmente em proporcionar uma experiência completa aos clientes.

Por isso, foi convidado pela Beefeater para comercializar o Gin Beefeater London Dry, único gin premium destilado em Londres. Exportado para 170 países e líder em mais de 40 mercados, a bebida está entre as mais consumidas no mundo e atende a uma clientela sofisticada, que vai de jovens a executivos.

Os clientes que compram o Gin Beefeater nas lojas Sergio K. ainda contam com uma linha completa de acessórios para bar, para preparar drinks com a bebida e receber amigos em um clima descontraído, ou ainda, para presentear.

A linha conta com coqueteleiras, copos, essências, livros de receitas, mixers e shakers, além do Gin Beefeater.

O Gin Beefeater é conhecido por seu caráter cítrico e oferece um leque enorme de combinações para a preparação de drinks refrescantes com a mistura de ingredientes como tônica, ervas, limão, laranja e morango. São diversas possibilidades que agradam qualquer paladar.

As novidades já podem ser encontradas nas lojas Sergio K. nos shoppings Iguatemi e JK Iguatemi, ambas em São Paulo, além do e-commerce: www.sergiok.com.br/

Preços

Gin BEEFEATER – R$ 198,00

Copo Abacaxi Grande (Opções: Dourado/Prateado/Rosé) – R$ 1.290,00

Copo Abacaxi Shot (Opções: Dourado/Prateado/Rosé) – R$ 598,00

Velas (Fragrâncias: Tabaco, Vintage, Vodka e Whisky) – R$ 298,00

BarWare Set – R$ 598,00

Carry On Cocktail – R$ 229,00

The Homemade Gin Kit – R$ 890,00

Aplicativo mapeia restaurantes, feiras e lojas de produtos orgânicos e justos em todo o Brasil

Mais completo mapeamento já feito do setor, aplicativo reúne bases de dados
com iniciativas de consumo responsável em todo território nacional

Será lançado no Brasil, no dia 13 de outubro, o Responsa, um aplicativo que reúne em um só mapa restaurantes (que usam ingredientes orgânicos), feiras (de produtos justos, orgânicos e veganos), hortas comunitárias, grupos de consumo responsável e outras experiências de agroecologia e economia solidária.

Criado e desenvolvido em parceria entre o Instituto Kairós e a Cooperativa EITA, o Responsa é totalmente gratuito e permite que consumidores e produtores possam encontrar produtos, serviços e experiências educativas pelo GPS, marcar encontros e indicar novos pontos que ainda não estejam mapeados.

“Queremos que qualquer pessoa possa encontrar, perto de sua casa, escritório, ou até durante uma viagem, um restaurante que utilize ingredientes orgânicos, uma feira ou uma loja na qual possa encontrar produtos agroecológicos”, explica Juliana Gonçalves, coordenadora de projetos do Instituto Kairós. “A ideia é estimular a comercialização de produtos da economia solidária e da agricultura familiar, aproximando produtores e consumidores através de relações que podem ser mais curtas, transparentes e sustentáveis”.

Com interface amigável, disponível para celulares Android, o Responsa funciona em todo o Brasil e permite filtro por tipo de local (restaurante, feira, etc) ou município, e unifica um extenso banco de dados que inclui, já no seu lançamento, mais de 3.000 iniciativas ligadas ao consumo responsável em todo o país. Com o GPS ligado, o aplicativo ainda alerta ao usuário sobre iniciativas de consumo responsável mais próximas de onde ele estiver. “Este é o resultado do trabalho intenso de mais de um ano em que aliamos o melhor das tecnologias digitais e design com o refinamento e cruzamento de dados de diferentes fontes, para oferecer uma experiência completa ao usuário”, afirma Daniel Tygel, integrante da EITA, cooperativa responsável pelo desenvolvimento do Responsa. “Para garantir que o aplicativo realmente respondesse aos objetivos propostos, dialogamos bastante e contamos com o apoio de várias organizações do setor, tais como o IDEC (Instituto de Defesa do Consumidor), a ANA (Articulação Nacional de Agroecologia), o FBES (Fórum Brasileiro de Economia Solidária) e o FBSSAN (Fórum Brasileiro de Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional)”, complementa.

As iniciativas mapeadas pelo Responsa são:

●     Feiras orgânicas e da agricultura familiar
●     Lojas e feiras da economia solidária e do comércio justo
●     Grupos de produtores da economia solidária
●     Grupos de consumo responsável
●     Experiências de educação alimentar e nutricional
●     Experiências e pesquisas em agroecologia
●     Hortas comunitárias
●     Restaurantes que utilizam ingredientes orgânicos em seus cardápios
      (inicialmente apenas na cidade de São Paulo)

O Responsa possui ainda um espaço em que as pessoas podem facilmente compartilhar, com outros usuários do aplicativo, suas dúvidas e dicas sobre como consumir de maneira responsável. Nele, é possível trocar receitas para limpeza ecológica, formas de cozinhar com menos desperdício, dicas para economizar água ao fazer faxina ou para substituir refrigerante por sucos naturais para os filhos, entre outras possibilidades.

Portal do consumo responsável
A chegada do Responsa acompanha ainda o lançamento do Portal do Consumo Responsável, outra iniciativa do Instituto Kairós e da Cooperativa EITA, também com a contribuição de organizações e movimentos de economia solidária, comércio justo e agroecologia.

www.consumoresponsavel.org.br

Inédita no país, a proposta é reunir em um mesmo endereço eletrônico informações que permitam aos cidadãos conhecer e compreender as relações de produção e consumo e intervir em seu bairro, trabalho, escola ou município. No portal, será possível acessar três canais: mapa, notícias e biblioteca.

“Nossa ideia é que o portal possa servir como um polo de conteúdo relacionado ao consumo responsável com notícias, materiais educativos, além do mapa que deu origem ao Responsa, convidando os cidadãos a refletirem e se envolverem na prática com essa temática”, detalha Juliana.

O Portal e o aplicativo Responsa foram desenvolvidos principalmente com recursos da Secretaria Nacional de Economia Solidária do Ministério do Trabalho (SENAES/MTE), por meio de um projeto nacional do Instituto Kairós que fomenta a articulação entre produtores e consumidores responsáveis.

Consumo responsável
O Portal do Consumo Responsável e o aplicativo Responsa têm também o objetivo de estimular a prática e a discussão sobre o consumo responsável, propondo que as pessoas conheçam mais a respeito da origem e produção dos alimentos que consomem no seu dia-a-dia.

“O modo como consumimos financia toda uma cadeia de produção, distribuição, comercialização e consumo dos produtos, e cada vez mais as pessoas estão buscando alternativas ao modelo convencional. Só que elas acabam tendo dificuldades para conciliar este novo modo de consumir com o cotidiano corrido das cidades, pois é difícil encontrar informações sobre o que estamos comprando. O Responsa torna muito fácil ir direto a essas iniciativas que contribuem para uma vida e uma sociedade mais justas e sustentáveis. É por isso que dizemos que o uso do Responsa e do portal nos ajudam a dar passos rumo ao bem viver individual e coletivo”, explica Juliana.

Riachuelo da Rua Oscar Freire ganha nova fachada

Hoje, 16/08, a Riachuelo da Rua Oscar Freire entra no clima das coleções de verão com uma nova fachada assinada pela artista Luzia Simons, conhecida internacionalmente por suas obras que retratam flores. A curadoria é da galerista Nara Roesler.

Com fundo branco e estampa floral, a nova intervenção traz um repertório diferente dos anteriores, leve, florido e delicado. “Entendemos que a nossa missão é democratizar a moda e, junto com ela, arte e cultura. Queremos presentear as pessoas, a rua, e a cidade”, explica Marcella Kanner, gerente de Marketing da Riachuelo.

A fachada da loja localizada na Rua Oscar Freire é trocada periodicamente, mas sempre com uma intervenção artística em destaque.