Dalí Delicatessen – Chegou a vez da Queijadinha

imagem_release_701616

Após a moda do brigadeiro, macaron, bem casado, agora a bola da vez é a queijadinha

A chefe e empresária Ligia Warzée trabalhava em casa de forma despretensiosa produzindo queijadinhas na qual eram vendidas apenas por encomendas. Depois de tantos pedidos de familiares e amigos, abriu a sua Dalí Delicatessen.

Em 2014, instalada em uma charmosa casa de esquina no bairro do Tatuapé, o lugar mais se parece um refúgio para as tardes de desassossego para quem deseja apreciar a aprimorada e cremosa queijadinha, que ganhou novas variações: goiabada, doce de leite, nutella, brigadeiro, paçoca, e hoje, sempre com novidades sazonais e para datas comemorativas. O lugar não tem cardápio sendo assim, o cliente encontra na lousa sugestões do dia.  Ainda há outros produtos que se revezam na vitrine entre quiches, tortas, biscoitos, doces e bolos. As caixas de queijadinhas estão disponíveis com 6 (R$ 15) ou 12 unidades (R$ 28).

Em 2015, abriu uma pequena fábrica em sociedade com a irmã, Maria Carolina Warzée, que rapidamente ganhou crescimento, se tornando possível as sócias investirem em bicicletas e carrinhos para adentrar no mercado de shoppings, eventos corporativos, aniversários, chás de cozinha e de bebê. “Iniciamos timidamente, mas a demanda foi tão espontânea que hoje atuamos em 7 pontos fixos com o carrinho exclusivamente vendendo o carro-chefe, a queijadinha”, explica Maria Carolina Warzée, sócia do projeto.

A Dalí Delicatessen atua também em quiosques nos shoppings Center Norte e Higienópolis com as bicicletas. “Até o fim do ano queremos tentar atingir aproximadamente 15 pontos de venda pela cidade”, conta Carolina.

O sucesso foi o resultado da soma de fatores iniciado com a produção artesanal, prioridade em trabalhar com os ingredientes da época e oferecer ao cliente um doce feito com muito carinho, desde a realização do produto, embalagem até chegar ao ponto de venda. A receita é secreta, segundo Ligia Warzée, herdada da família e jura não passar para ninguém. Hoje sua equipe soma 20 funcionários. “Busco incluir no cardápio somente receitas que tragam alguma lembrança especial”, afirma Ligia.

 

Perfil – Chef Ligia Warzée
De família mineira, “a cozinheira” Lígia, como gosta de ser chamada, se apaixonou pela culinária por influencia da avó, a Dona Naná. Desde criança Lígia passava as férias em Belo Horizonte onde moram as tias e a avó e foi delas que herdou o dom da cozinha, além de algumas receitas.

Tradição na família, o famoso bolinho à base de coco, gema de ovo, leite condensado e queijo parmesão, recebeu um toque especial da cozinheira que trouxe cremosidade ao doce e fez as pessoas se apaixonarem pelo creme que fica grudado na forminha. A queijadinha cremosa fez tanto sucesso que Lígia começou a receber encomendas e a produzir em casa bandejas e bandejas. “Chegava a produzir mais de trezentas queijadinhas por dia na cozinha da minha mãe, foi quando decidi ter um lugar para produzir e também vender”, explica.

Dalí Delicatessen
Rua Itapeti 464, Tatuapé São Paulo – SP
Tel.: 11 2671-3332
Horário: Segunda a sexta: 11h30/19h. Sábado: 11h30/18h. Domingo: 11h30/15h – Café não abre aos domingos
Capacidade: 22 lugares
Cartões: Todos débito e crédito
Cheque: não-aceita
Música ambiente
Acesso deficiente físico: não
Site: www.dalidelicatessen.com.br
facebook.com/Dalí-delicatessen
instagram.com/dalidelicatessen

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s