Easy Riders – O Cinema da Nova Hollywood de 21 de janeiro a 9 de fevereiro de 2015 no CCBB SP

A partir de 21 de janeiro, a Mostra Easy Riders – O Cinema da Nova Hollywood reúne, no CCBB SP, os filmes mais significativos do movimento “Nova Hollywood” – a renovação do cinema americano entre as décadas de 1960 e 1970. O CCBB Brasília e o CCBB Rio de Janeiro também recebem a Mostra, respectivamente nos períodos de 14 de janeiro a 9 de fevereiro e de 28 de janeiro a 16 de fevereiro.

Além de exibir os longas mais importantes da “Nova Hollywood”, como “O Poderoso Chefão”, “Easy Rider” e “Tubarão”, a mostra traz também os filmes que tiveram importância decisiva na cultura e na indústria de cinema americana, tais como “Halloween”.

A curadoria feita por Paulo Santos Lima e Francis Vogner dos Reis selecionou filmes com os quaismuitos jovens diretores impuseram sua marca ao abordar temas tabus por meio de instigantes formas narrativas e, assim, conseguiram um lugar de destaque no cinema moderno mundial, além de influenciaras últimas quatro décadasdo cinema que surgiu em seguida.

Das produções mais representativas desse período, tais como os já citados sucessos “Tubarão”, de Steven Spielberg, e “O Poderoso Chefão”, de Francis Ford Coppola, além de trabalhos mais raros (alguns inéditos no Brasil), porém fundamentais para o cinema moderno, 23 filmes serão exibidos em 35 mm e sete, em versão digital.

Na programação da mostra, produzida pela Enquadramento Produções, estão inclusos debates nas três cidades com os curadores e com críticos de cinema, autores de ensaios que constam do catálogo do evento.

Nova Hollywood

Nos últimos anos, em virtude do lançamento de livros como “Cenas de uma revolução – O nascimento da Nova Hollywood”, do jornalista Mark Harris, e “Como a geração sexo, drogas e rock n’ roll salvou Hollywood”, de Peter Biskind, o termo “Nova Hollywood” se oficializou como a definição mais satisfatória da virada moderna do cinema norte-americano.

A Nova Hollywood é um fenômeno extremamente significativo à história do cinema, tanto pelo que representou como modernização cinematográfica norte-americana quanto pelos cinemas que surgiriam a partir dali, nos EUA e no resto do mundo, a exemplo da produção asiática.

Nessa experiência, a indústria americana se reinventou com novos temas e novas formas, entre a segunda metade dos anos 60 e a primeira metade dos anos 70, por meio de cineastas – como, por exemplo, Martin Scorsese, Francis Ford Coppola e Brian De Palma – oriundos das universidades e influenciados pelos novos cinemas europeus.

Nesse mesmo período, houve uma crescente influência estética das obras off-Hollywood: os filmes B (como “Nasce um Monstro” de Larry Cohen) e os independentes (como “Os Maridos”, de John Cassavetes). Esses filmes e sistemas alternativos de produção dos anos 50 ajudaram a forjar o novo cinema americano e um novo modelo de produção que abrigou a indústria e suas superproduções (como as de Lucas e Spielberg), o cinema independente (que tem Cassavetes como patrono) e também aqueles cineastas que se dividiam entre as grandes e pequenas produções (tais como Coppola e De Palma).

Programação:

portal do paraiso

O Portal do Paraíso (Heaven’s Gate). EUA, 1980, 216’, 35mm, 16 anos.

Direção e Roteiro: Michael Cimino
Fotografia: Vilmos Zsigmond
Montagem: Lisa Fruchtman, Gerald B. Greenberg, William Reynolds e Tom Rolf
Música: David Mansfield
Produção: Partisan Productions
Distribuição: United Artists
Com Kris Kristofferson, Christopher Walken, Isabelle Huppert e Jeff Bridges

No Wyoming, em 1890, o xerife James Averillluta se junta aos fazendeiros imigrantes contra os ricos criadores de gado em disputa por mais terras, no episódio que ficou conhecido como a Guerra do Condado Johnson.

Esta produção de Michael Cimino quebrou a produtora United Artists e marcou o fim da Nova Hollywood.

Quarta-feira, 21/01, às 14h. Sábado, 24/01, às 14h.

Noivo Neurótico, Noiva Nervosa 01

Noivo Neurótico, Noiva Nervosa (Annie Hall). EUA, 1977, 93’, 35mm, 14 anos.

Direção: Woody Allen
Roteiro: Woody Allen e Marshall Brickman
Fotografia: Gordon Willis
Montagem: Wendy Greene Bricmont e Ralph Rosenblum
Produção: Rollins-Joffe Productions
Distribuição: United Artists
Com Woody Allen, Diane Keaton, Tony Roberts e Shelley Duvall

Vencedor do Oscar de melhor filme, direção (Woody Allen), atriz (Diane Keaton) e roteiro original (Woody Allen e Marshall Brickman), este longa conta a história de um humorista judeu recém-divorciado, interpretado por Allen, que se apaixona por uma complexa cantora em início de carreira. Bem na toada desiludida dos anos 1960 e 1970, o diretor aposta numa crônica, em fortes e iluminados diálogos e situações, para comentar sobre as relações a dois, perecíveis mas sempre intensas e inevitáveis.

Quarta-feira, 21/01, às 20h. Sábado, 24/01, às 20h30.

All That Jazz - O Show Deve Continuar 11

All That Jazz – O Show Deve Continuar (All That Jazz). EUA, 1979, 123’, 35mm, 14 anos.

Direção: Bob Fosse
Roteiro: Robert Alan Aurthur e Bob Fosse
Fotografia: Giuseppe Rotunno
Montagem: Alan Heim
Música: Ralph Burns
Produção: Columbia Pictures e Twentieth Century Fox Film

Distribuição: Twentieth Century Fox Film
Com Roy Scheider, Jessica Lange, Leland Palmer e Ann Reinking

Enfartado e agonizando na UTI de um hospital, Joe Gideon, grande nome do show business, rememora a sua vida. Neste filme semibiográfico de Bob Fosse, cineasta que sempre teve no palco um espaço de revelação do pior e melhor do mundo, o diretor parece falar também sobre a impossibilidade de um cinema musical no final de década de 1970. Pelo filme, Fosse ganhou a Palma de Ouro no Festival de Cannes.

Quarta-feira, 21/01, às 20h. Sábado, 24/01, às 18h.

 A Última Missão 02

A Última Missão (The Last Detail). EUA, 1973, 104’, 35mm, 14 anos.

Direção: Hal Ashby
Roteiro: Robert Towne
Fotografia: Michael Chapman
Montagem: Robert C. Jones e Ken Zemke (não creditado)
Música: Johnny Mandel
Produção: Columbia Pictures Corporation, Bright-Persky Associates e Acrobat Productions
Distribuição: Columbia Pictures
Com Jack Nicholson, Otis Young, Randy Quaid e Nancy Allen

Dois oficiais da marinha escoltam um marinheiro condenado a oito anos de prisão pelo furto de uns poucos dólares. A curta convivência cria uma afetividade entre os três. Hal Ashby, o “mais hippie dos cineastas da Nova Hollywood”, olha seus personagens com carinho e dedicação, respeitando-os em seus mais particulares e banais desejos e sentimentos. Jack Nicholson ganhou a Palma de Ouro de Melhor Ator no Festival de Cannes.

Quinta-feira, 22/01, às 15h. Domingo, 25/01, às 15h.

MASH 06

MASH (MASH). EUA, 1970, 116’, 35mm, 16 anos.

Direção: Robert Altman
Roteiro: Ring Lardner Jr.
Fotografia: Harold E. Stine
Montagem: Danford B. Greene
Música: Johnny Mandel
Produção: Aspen Productions, Ingo Preminger Productions e Twentieth Century Fox Film

Distribuição: Twentieth Century Fox Film

Com Donald Sutherland, Elliott Gold, Tom Skerritt e Sally Kellerman

A comédia de Robert Altman se passa na década de 1950 quando os capitães “Hawkeye” Pierce e “Duke” Forrest chegam para trabalhar como médicos-cirurgiões num jipe roubado da 4.077ª Unidade Médica Cirúrgica Móvel do Exército (sigla “MASH” em inglês). O filme,estruturado de maneira episódica, o que foi saudado como uma inovação no cinema americano, recebeu a Palma de Ouro no Festival de Cannes.

Quinta-feira, 22/01, às 17h15. Domingo, 25/01, às 19h30.

o comboio do medo 

O Comboio do Medo (Sorcerer). EUA, 1977, 121’, Blu-Ray, 16 anos.

Direção: William Friedkin
Roteiro: Walon Green
Fotografia: Dick Bush e John M. Stephens
Montagem: Bud S. Smith e Robert K. Lambert
Música: Tangerine Dream
Produção: Film Properties International N.V., Paramount Pictures e Universal Pictures
Distribuição: Paramount Pictures
Com Roy Scheider, Bruno Cremer, Francisco Rabal e Amidou

Um grupo de voluntários trabalha em uma companhia de petróleo na selva africana e é enviado com um carregamento de explosivos para conter o fogo de um incêndio em uma perfuração. O grupo terá de transportar os explosivos em território selvagem e acidentado utilizando dois caminhões velhos. É uma aventura cinematográfica intensa e obsessiva (à altura das de Werner Herzog) que o diretor William Friedkin realizou depois do sucesso O Exorcista.

Sexta-feira, 23/01, às 13h. Sábado, 07/02, às 14h50.

amargo reencontro

Amargo Reencontro (Big Wednesday). EUA, 1978, 120’, digital, 16 anos.

Direção: John Milius
Roteiro: John Milius, Dennis Aaberg e Joel Chernoff (não creditado)
Fotografia: Bruce Surtees
Montagem: Carroll Timothy O’Meara e Robert L. Wolfe
Música: Basil Poledouris
Produção: A-Team
Distribuição: Warner Bros
Com Jan-Michael Vincent, William Katt, Gary Busey ePatti D’Arbanville

Neste, que é um dos filmes mais pessoais de John Milius, três amigos surfistas californianos se reencontram após um afastamento de mais de uma década, durante a qual todos eles acabaram servindo na Guerra do Vietnã.

Sexta-feira, 23/01, às 15h30. Sexta-feira, 06/02, às 13h.

o preço da solidão

O Preço da Solidão (The Effects of Gamma Rays on Man-in-the-Moon Marigolds). EUA, 1972, 100’, 35mm, 16 anos.

Direção: Paul Newman
Roteiro: Alvin Sargent
Fotografia: Adam Holender
Montagem: Evan A. Lottman
Música: Maurice Jarre
Produção: Twentieth Century Fox Film
Distribuição: Twentieth Century Fox Film
Com Joanne Woodward, Nell Potts, Roberta Wallach e David Spielberg

Adaptado da peça The Effect of Gamma Rays on Man-in-the-Moon Marigolds, do escritor americano Paul Zindel, o filme mostra Beatrice, uma mãe solteira que vive com as filhas. Enquanto as garotas se voltam às preocupações típicas da adolescência, Beatrice cada vez mais se torna irascível e solitária.

Este filme confirma o ator Paul Newman como um dos grandes diretores americanos dos anos 70.

Sexta-feira, 23/01, às 17h30. Segunda-feira, 26/01, às 17h.

cada-um-vive-como-quer

Cada Um Vive Como Quer (Five Easy Pieces). EUA, 1970, 98’, 35mm, 14 anos.

Direção: Bob Rafelson
Roteiro: Carole Eastman
Fotografia: László Kovacs
Montagem: Christopher Holmes e Gerald Shepard
Produção: BBS Productions, Columbia Pictures Corporation e Raybert Productions
Distribuição: Columbia Pictures
Com Jack Nicholson, Karen Black, Billy Green Rush e Susan Anspach

Filme independente de Bob Rafelson, que conta a história de um talentoso pianista que optou pela errância profissional. Por não assumir compromisso com nada, o personagem é uma das mais emblemáticas encarnações da geração perdida que o cinema da Nova Hollywood sempre teve interesse em levar para a tela.

Sexta-feira, 23/01, às 20h. Domingo, 25/01, às 17h30.

A Outra Face da Violência 04 

A Outra Face da Violência (Rolling Thunder). EUA, 1977, 95’, digital, 16 anos.

Direção: John Flynn
Roteiro: Paul Schrader e Heywood Gould
Fotografia: Jordan Cronenweth
Montagem: Frank P. Keller
Música: Barry De Vorzon
Produção e Distribuição: American International Pictures (AIP)
Com William Devane, Tommy Lee Jones, Linda Haynes e James Best

Após sofrer uma traumática experiência como prisioneiro na Guerra do Vietnã, Charles Rane retorna aos Estados Unidos como heroi.  Porém, sua vida pessoal está em crise e o as memórias de guerra parecem muito presentes quando Rane é brutalizado por uma quadrilha sádica, que assassina seu filho. Para se vingar, ele encontra ajuda de Johnny Volden, seu parceiro na guerra. A violência em estado bruto, como trauma de um país com valores em crise, é exposta neste filme de John Flynn.

Domingo, 25/01, às 13h. Quinta-feira, 05/02, às 15h.

na-mira-da-morte606 

Na Mira da Morte (Targets). EUA, 1968, 90’, 35mm, 14 anos.

Direção e Montagem: Peter Bogdanovich
Roteiro: Peter Bogdanovich e Samuel Fuller (corroteirista, não creditado)
Fotografia: László Kovacs
Produção: Saticoy Productions
Distribuição: Paramount Pictures
Com Boris Karloff, Tim O’Kelly, Arthur Peterson e Monte Landis.

Longa de estreia de Peter Bogdanovich, o melhor historiador de cinema entre os diretores da Nova Hollywood, que coloca em perspectiva dois personagens: um grande astro dos filmes de terror que se aposenta (não à toa encarnado por Boris Karloff) e um homem comum que, do nada, mata a família e vai a um drive-in para promover um massacre contra os espectadores. É uma forte reflexão sobre o fim da Hollywood clássica numa década que acompanhou o assassinato de John Kennedy e a violência da Guerra do Vietnã

Segunda-feira, 26/01, às 15h. Quinta-feira, 29/01, às 19h15.

Os Maridos 05 

Os Maridos (Husbands). EUA, 1970, 130’, 35mm, 16 anos.

Direção e Roteiro: John Cassavetes
Fotografia: Victor J. Kemper
Montagem: John Cassavetes
Produção: Faces Music
Distribuição: Columbia Pictures
Com John Cassavetes, Ben Gazzara e Peter Falk

Vizinhos em Long Island, o dentista Gus, o editor Harry e o jornalista Archie são três amigos casados que se reúnem para ir a um enterro. Decidem, então, seguir para um clube em Manhattan para jogar e nadar. Lá, refletem sobre suas vidas e seus amores. John Cassavetes faz uma tragicomédia intensa que, como em seus outros filmes, desconstrói normas de conduta e coloca as emoções a nu.

Segunda-feira, 26/01, às 19h15. Sexta-feira, 30/01, às 17h.

 

Easy Rider 03

Sem Destino (Easy Rider). EUA, 1969, 95’, 35mm, 16 anos.

Direção: Dennis Hopper
Roteiro: Peter Fonda, Dennis Hopper e Terry Southern
Fotografia: László Kovacs e Baird Bryant (não creditado)
Montagem: Donn Cambern
Produção: Columbia Pictures Corporation, Pando Company Inc. e Raybert Productions
Distribuição: Columbia Pictures
Com Peter Fonda, Dennis Hopper, Jack Nicholson e  Luana Anders

Filme-ícone da contracultura e grande manifesto do “sexo, drogas e rock’n’roll”, o longa acompanha a trajetória sem destino de dois motoqueiros que cruzam os EUA, numa forte metáfora do questionamento sobre o país. Dennis Hopper ganhou prêmio no Festival de Cannes pela estreia na direção.

Quarta-feira, 28/01, às 15h. Sábado, 31/01, às 17h45.

A Última Sessão de Cinema 01

A Última Sessão de Cinema (The Last Picture Show). EUA, 1971, 126’, 35mm, 14 anos.

Direção: Peter Bogdanovich
Roteiro: Larry McMurtry e Peter Bogdanovich
Fotografia: Robert Surtees
Montagem: Donn Cambern e Peter Bogdanovich (não creditado)
Produção: Columbia Pictures Corporation e BBS Productions
Distribuição: Columbia Pictures
Com Timothy Bottoms, Jeff Bridges, Cybill Shepherd e Ben Johnson

Bogdanovich constrói um delimitado mas profundo painel sobre a perda da inocência e o fim de um estilo de vida na história de dois amigos que vivem numa pequena cidade do Texas, nos anos 1950. Assim como em “Na Mira da Morte”, do mesmo diretor, o filme aposta na ambientação rota para comentar sobre o fim de um certo tipo de cinema e de olhar idealizado sobre o mundo.

Quarta-feira, 28/01, às 17h. Sábado, 31/01, às 15h15.

Pat Garrett & Billy the Kid 01

Pat Garrett & Billy the Kid (Pat Garrett & Billy the Kid). EUA, 1973, 122’, 35mm, 14 anos.

Direção: Sam Peckinpah
Roteiro: Rudy Wurlitzer
Fotografia: John Coquillon
Montagem: Roger Spottiswoode
Música: Bob Dylan
Produção e Distribuição: Metro-Goldwyn-Mayer
Com James Coburn, Kris Kristofferson, Richard Jaeckel e Bob Dylan

Antes um fora da lei, Pat Garrett agora é o xerife que está na cola de seu antigo parceiro de crime e amigo, Billy the Kid. O diretor Peckinpah trata da passagem do tempo e da crise dos personagens. As canções do filme foram compostas e interpretadas por Bob Dylan.

Quarta-feira, 28/01, às 19h30. Segunda-feira, 02/02, às 17h10.

Nasce um Monstro 03

Nasce um Monstro (It’s Alive). EUA, 1974, 91’, digital, 16 anos.

Direção e Roteiro: Larry Cohen
Fotografia: Fenton Hamilton
Montagem: Peter Honess
Música: Bernard Herrmann
Produção: Warner Bros. e Larco Productions
Distribuição: Warner Bros.
Com John P. Ryan, Sharon Farrell, James Dixon e William Wellman Jr.

O filme de horror, que se tornou um paradigma da produção B “off Hollywood”, conta a história de um bebê mutante nasce com um apetite voraz e canibal. Ao fugir do hospital, coloca em pânico uma pequena cidade americana. A polícia caça o monstro, que deixa um rastro de terror e morte por onde passa.

Quinta-feira, 29/01, às 15h. Domingo, 01/02, às 13h.

 

Loucuras de Verão 14

Loucuras de Verão (American Graffiti). EUA, 1973, 110’, 35mm, 14 anos.

Direção: George Lucas
Roteiro: George Lucas, Gloria Katz e Willard Huyck
Fotografia: Jan D’Alquen e Ron Eveslage
Montagem: Verna Fields, Marcia Lucas e George Lucas (não creditado)
Produção: Universal Pictures, Lucasfilm e The Coppola Company
Distribuição: Universal Pictures
Com Richard Dreyfuss, Ron Howard, Paul Le Mat e Charles Martin Smith

O primeiro filme de George Lucas começa em uma madrugada do início dos anos 1960, em uma pequena cidade dos Estados Unidos, quando Curt e Steve enfrentam uma série de situações antes de partirem para a universidade: Curt persegue a imagem de uma loira que deseja conhecer e Steve tenta se reconciliar com a namorada.

Quinta-feira, 29/01, às 17h. Domingo, 01/02, às 17h.

1031479.B

Trágica Obsessão (Obsession). EUA, 1976, 98’, 35mm, 16 anos.

Direção: Brian De Palma
Roteiro: Paul Schrader
Fotografia: Vilmos Zsygmond
Montagem: Paul Hirsch
Música: Bernard Herrmann
Produção: Columbia Pictures eYellowbird Productions
Distribuição: Columbia Pictures
Com Cliff Robertson, Geneviève Bujold, John Lithgow e Stocker Fontelieu

Um empresário tem sua vida destruída quando a filha e a esposa são sequestradas e assassinadas. Dez anos depois, na Itália, ele conhece uma mulher idêntica à sua falecida esposa. O diretor Brian De Palma faz uma releitura radical e original de “Um Corpo que Cai”, de Alfred Hitchcock.

Sexta-feira, 30/01, às 15h. Domingo, 01/02, às 19h15.

 

Tubarão 08

Tubarão (Jaws). EUA, 1975, 124’, 35mm, 14 anos.

Direção: Steven Spielberg
Roteiro: Peter Benchley e Carl Gottlieb
Fotografia: Bill Butler
Montagem: Verna Fields
Música: John Williams
Produção: Zanuck/Brown Productions e Universal Pictures
Distribuição: Universal Pictures
Com Roy Scheider, Robert Shaw, Richard Dreyfuss e Lorraine Gray

Depois que uma criança é morta por um tubarão, o animal passa a ser caçado pelos pescadores do local. No feriado de 4 de julho, um novo ataque aterroriza os turistas e os moradores e faz com que o xerife, acompanhado de um cientista e um pescador, vá caçar o tubarão. Sucesso de bilheteria e lançado no verão americano, o longa inaugurou o que se chama até hoje de “Temporada de Verão”, época dos maiores lançamentos nos Estados Unidos.

Sexta-feira, 30/01, às 19h30. Segunda-feira, 02/02, às 19h30.

o poderoso chefão

O Poderoso Chefão (The Godfather). EUA, 1972, 175’, digital, 16 anos.

Direção: Francis Ford Coppola
Roteiro: Mario Puzo e Francis Ford Coppola
Fotografia: Gordon Willis
Montagem: William Reynolds e Peter Zinner
Música: Nino Rota
Produção: Paramount Pictures e Alfran Productions
Distribuição: Paramount Pictures
Com Marlon Brando, Al Pacino, James Caan e Richard S. Castellano

Premiado nas categorias de melhor filme, melhor roteiro adaptado (Francis Ford Coppola e Mario Puzo) e melhor ator (Marlon Brando) do Oscar de 1973, o filme conta a saga da família Corleone e sua trajetória na máfia nos Estados Unidos. Quando o patriarca Vito Corleone é baleado, seu filho Michael, que sempre quis distância dos negócios do pai, tem de assumir a responsabilidade pela família. O filme mais célebre de Coppola é o maior símbolo da aliança entre a política dos estúdios e um cinema autoral.

Sábado, 31/01, às 12h. Domingo, 08/02, às 14h.

O Bebê de Rosemary 02

O Bebê de Rosemary (Rosemary’s Baby). EUA, 1968, 136’, 35mm, 14 anos.

Direção e Roteiro: Roman Polanski
Fotografia: William A. Fraker
Montagem: Sam O’Steen, Bob Wyman
Música: Krzysztof Komeda
Produção: William Castle Productions
Distribuição: Paramount Pictures
Com Mia Farrow, John Cassavetes, Ruth Gordon e Sidney Blackmer

Neste filme clássico do cinema de horror, Rosemary e seu marido se mudam para um apartamento em Nova York ao lado de um excêntrico casal de idosos, que logo invade a privacidade dos recém-chegados. Depois de pesadelos demoníacos, Rosemary fica grávida. Ela começa a desconfiar da conduta das pessoas, que parecem ter obsessão por sua gravidez.

Sábado, 31/01, às 19h45. Sexta-feira, 06/02, às 19h45.

 Warriors - Os Selvagens da Noite 09

Warriors – Os Selvagens da Noite (The Warriors). EUA, 1979, 92’, 35mm, 14 anos.

Direção: Walter Hill
Roteiro: David Shaber e Walter Hill
Fotografia: Andrew Laszlo
Montagem: Freeman A. Davies, David Holden, Susan E. Morse e Billy Weber
Música: Barry De Vorzon
Produção e Distribuição: Paramount Pictures
Com Michael Beck, James Remar, Dorsey Wright e David Harris

Numa Nova York futurista, durante uma reunião com todas as gangues de delinquentes, o líder idealista que promove a união entre os grupos é assassinado. A culpa recai sobre uma gangue da periferia, que tem de fugir para evitar os justiceiros, enquanto pretende provar sua inocência.

Domingo, 01/02, às 15h. Quinta-feira, 05/02, às 19h.

O Estranho Sem Nome 01 

O Estranho Sem Nome (High Plains Drifter). EUA, 1973, 105’, 35mm, 16 anos.

Direção: Clint Eastwood
Roteiro: Ernest Tidyman
Fotografia: Bruce Surtees
Montagem: Ferris Webster
Música: Dee Barton
Produção: Universal Pictures e Malpaso Company
Distribuição: Universal Pictures
Com Clint Eastwood, Verna Bloom, Marianna Hill e Mitchell Ryan

Um forasteiro chega à pequena cidade de Lago, no Arizona. Ameaçado, mata três pistoleiros e acaba assumindo a tarefa de proteger a cidade de bandidos violentos que vão chegar em breve. Ele manda pintar a cidade de vermelho e muda seu nome para Hell (inferno). Primeiro western dirigido por Eastwood em que seu personagem encarna uma espécie de anjo vingador.

Segunda-feira, 02/02, às 15h. Quarta-feira, 04/02, às 20h.

 Bonnie & Clyde 01

Bonnie e Clyde – Uma Rajada de Balas (Bonnie & Clyde). EUA, 1967, 111’, digital, 14 anos.

Direção: Arthur Penn
Roteiro: David Newman, Robert Benton e Robert Towne (não creditado)
Fotografia: Burnett Guffey
Montagem: Dede Allen
Música: Charles Strouse
Produção: Warner Brothers/Seven Arts, Tatira-Hiller Productions
Distribuição: Warner Brothers/Seven Arts
Com Faye Dunaway, Warren Beatty, Gene Hackman e Estelle Parsons

Baseado na história real de Clyde Barrow e Bonnie Parker, o filme acompanha a dupla de assassinos e ladrões de banco que desafiaram as autoridades e conquistaram a opinião pública nos Estados Unidos dos anos 1930.

Aliando violência e sexo à imagem do casal criminoso, o filme tornou-se um marco da renovação do cinema americano em 1967.

Quarta-feira, 04/02, às 15h. Domingo, 08/02, às 17h15.

rede de intrigas

Rede de Intrigas (Network). EUA, 1976, 121’, digital, 14 anos.

Direção: Sidney Lumet
Roteiro: Paddy Chayefsky
Fotografia: Owen Roizman
Montagem: Alan Heim
Música: Elliot Lawrence
Produção: Metro-Goldwyn-Mayer e United Artists
Distribuição: Metro-Goldwyn-Mayer
Com Peter Finch, Faye Dunaway, Beatrice Straight, William Holden e Robert Duvall

Após ser demitido pelos baixos índices de audiência de seu programa, o âncora Howard Beale anuncia, em rede nacional, que irá se matar ao vivo. Os índices aumentam e, em princípio, a emissora decide mantê-lo no ar. Mas o jornalista se descontrola e começa a escancarar as irregularidades da grande mídia.
O filme recebeu o Oscar de melhor ator (póstumo, Peter Finch), de melhor atriz (Faye Dunaway), de melhor atriz coadjuvante (Beatrice Straight) e de melhor roteiro original (Paddy Chayefsky) em 1977.

Quarta-feira, 04/02, às 17h30.

 

Halloween 02

Halloween – A Noite do Terror (Halloween). EUA,1978, 91’, digital, 14 anos.

Direção e Música: John Carpenter
Roteiro: John Carpenter e Debra Hill
Fotografia: Dean Cundey
Montagem: Charles Bornstein e Tommy Lee Wallace
Produção: Compass International Pictures eFalcon International Productions
Distribuição: Compass International Pictures e Mid-AmericaReleasing
Com Jamie Lee Curtis, Donald Pleasence, Nancy Kyes e P. J. Soles

Com meros US$ 325 mil de bilheteria, este longa é o predecessor dos filmes de serial killers, que fez do personagem Michael Myers a grande matriz de Jason (Sexta-Feira 13) e Freddy Krueger (A Hora do Pesadelo). De um inicial plano-sequência magnífico, mostrado pelo ponto de vista de Myers aos 6 anos, ao personagem já adulto e fugido do sanatório causando o terror numa pequena cidade, fica evidente que John Carpenter dirigiu uma obra de gênio.

Quinta-feira, 05/02, às 17h. Sábado, 07/02, às 13h.

Hardcore – No Submundo do Sexo (Hardcore). EUA, 1979, 109’, digital, 16 anos.

Direção e Roteiro: Paul Schrader
Fotografia: Michael Chapman
Montagem: Tom Rolf
Música: Jack Nitzsche
Produção: A-Team, Columbia Pictures

Distribuição: Columbia Pictures
Com George C. Scott, Peter Boyle, Season Hubley e Dick Sargent

Um pai calvinista sai de sua pequena cidade no centro-oeste americano para encontrar a filha que desapareceu numa excursão religiosa na Califórnia. Com a ajuda de um detetive, ele descobre que ela agora trabalha no mercado de cinema pornográfico em Los Angeles. Também de formação calvinista, Paul Schrader discute algumas questões caras ao seu cinema, como a impossibilidade da pureza e de um paraíso.

Sexta-feira, 06/02, às 15h30. Segunda-feira, 09/02, às 15h.

Halloween 02

Terra de Ninguém (Badlands). EUA, 1973, 94’, 35mm, 16 anos.

Direção e Roteiro: Terrence Malick
Fotografia: Tak Fujimoto, Stevan Larner e Brian Probyn
Montagem: Robert Estrin
Música: George Aliceson Tipton
Produção: Warner Brothers, Pressman-Williams, Jill Jakes Production e Badlands Company
Distribuição: Warner Brothers
Com Martin Sheen, Sissy Spacek, Warren Oates e Ramon Bieri

Em total descontrole, um jovem rebelde mata o pai de sua namorada adolescente e os dois fogem deixando um rastro de violência pela Dakota do Sul. Este primeiro longa de Terrence Malick dividiu as atenções com o aclamado “Caminhos Perigosos”, de Martin Scorsese, lançado no mesmo ano.

Sexta-feira, 06/02, às 17h45. Domingo, 08/02, às 19h30.

Corrida Sem Fim 07 

Corrida Sem Fim (Two-Lane Blacktop). EUA, 1971, 102’, 35mm, 14 anos.

Direção e Montagem: Monte Hellman
Roteiro: Rudy Wurlitzer eWill Corry
Fotografia: Jack Deerson e Gregory Sandor (não creditado)
Música: Billy James (não creditado)
Produção: Michael Laughlin Enterprises e Universal Pictures
Distribuição: Universal Pictures
Com James Taylor, Dennis Wilson, Warren Oates e Laurie Bird

Nesta produção de Monte Hellman, Piloto e Mecânico viajam pelas estradas americanas em um Chevy 55 à procura de competições de corrida. Num posto de gasolina, os dois, acompanhados de uma garota, conhecem G.T.O., um homem com obsessão por velocidade automobilística. Eles apostam uma corrida até Washington e o prêmio será o carro do perdedor.

Sábado, 07/02, às 17h15. Segunda-feira, 09/02, às 17h15.

TAXIDRIVER-SPTI-19.tif

Taxi Driver (Taxi Driver). EUA, 1976, 113’, 35mm, 14 anos.

Direção: Martin Scorsese
Roteiro: Paul Schrader
Fotografia: Michael Chapman
Montagem: Tom Rolf e Melvin Shapiro
Música: Bernard Herrmann
Produção: Columbia Pictures Corporation, Bill/Phillips e Ítalo/Judeo Productions
Distribuição: Columbia Pictures/Columbia Films
Com Robert De Niro, Cybill Shepherd, Jodi Foster e Harvey Keitel

Este clássico mostra a violenta saga de Travis Bickle, um psicótico ex-combatente do Vietnã que enxerga Nova York como uma Sodoma e Gomorra que tem de ser limpa. O filme consagrou Martin Scorsese, muito feliz aqui em aliar um estilo mais realista das filmagens em rua com uma estilização que, juntos, traduzem o olhar distorcido do personagem sobre o mundo. A brutalidade extrema, inclusive no gesto salvador do taxista, é a ironia de Scorsese para falar sobre a violência das coisas.

Sábado, 07/02, às 19h15. Segunda-feira, 09/02, às 19h15.

Quinta-feira, 22/01, às 19h30 – Debate – O Cinema da Nova Hollywood

 

Com Cleber Eduardo e Luiz Carlos de Oliveira Jr.

Mediação: Francis Vogner dos Reis.

Cléber Eduardo é professor e pesquisador do curso de bacharelado de Cinema e Audiovisual do Centro Universitário SENAC. Atua como curador, desde 2007, da Mostra de Cinema de Tiradentes. É mestre pela ECA-USP com pesquisa sobre documentário brasileiro contemporâneo. É, também, autor de

artigos publicados em livros da área.

Luiz Carlos Oliveira Jr. é crítico e pesquisador de cinema. Autor do livro A Mise en Scène no Cinema: Do Clássico ao Cinema de Fluxo (Papirus, 2013). Ex-editor da revista Contracampo, já colaborou para as revistas Bravo!, Cult, Foco, Interlúdio e Paisà. Ministrou cursos e oficinas em espaços como Centro Cultural Banco do Brasil, Cinesesc, Cine Humberto Mauro e Fundação Getúlio Vargas.

Francis Vogner dos Reis é crítico, roteirista, professor de cinema e curador da mostra Easy Riders – O Cinema da Nova Hollywood.

Programação diária:

 

Quarta-feira, 21 de janeiro

14h – O Portal do Paraíso (Heaven’s Gate). EUA, 1980, 216’, 35mm, 16 anos.

18h – Noivo Neurótico, Noiva Nervosa (Annie Hall). EUA, 1977, 93’, 35mm, 14 anos.

20h – All That Jazz – O Show Deve Continuar (All That Jazz). EUA, 1979, 123’, 35mm, 14 anos.

Quinta-feira, 22 de janeiro

15h – A Última Missão (The Last Detail). EUA, 1973, 104’, 35mm, 14 anos.

17h15 – MASH (MASH). EUA, 1970, 116’, 35mm, 16 anos.

19h30 – Debate

 

Sexta-feira, 23 de janeiro

13h – O Comboio do Medo (Sorcerer). EUA, 1977, 121’, Blu-ray, 16 anos.

15h30 – Amargo Reencontro (Big Wednesday). EUA, 1978, 120’, digital, 16 anos.

17h50 – O Preço da Solidão (The Effects of Gamma Rays on Man-in-the-Moon Marigolds). EUA, 1972, 100’, 35mm, 16 anos.

20h – Cada Um Vive Como Quer (Five Easy Pieces). EUA, 1970, 98’, 35mm, 14 anos.

 

Sábado, 24 de janeiro

14h – O Portal do Paraíso (Heaven’s Gate). EUA, 1980, 216’, 35mm 16 anos.

18h – All That Jazz – O Show Deve Continuar (All That Jazz). EUA, 1979, 123’, 35mm, 14 anos.

20h30 – Noivo Neurótico, Noiva Nervosa (Annie Hall). EUA, 1977, 93’, 35mm, 14 anos.

Domingo, 25 de janeiro

13h – A Outra Face da Violência (Rolling Thunder). EUA, 1977, 95’, digital, 16 anos.

15h – A Última Missão (The Last Detail). EUA, 1973, 104’, 35mm, 14 anos.

17h30 – Cada Um Vive Como Quer (Five Easy Pieces).EUA, 1970, 98’, 35mm, 14 anos.

19h30 – MASH (MASH). EUA, 1970, 116’, 35mm, 16 anos.

 

Segunda-feira, 26 de janeiro

15h – Na Mira da Morte (Targets). EUA, 1968, 90’, 35mm, 14 anos.

17h – O Preço da Solidão (The Effects of Gamma Rays on Man-in-the-Moon Marigolds). EUA, 1972, 100’, 35mm, 16 anos.

19h15 – Os Maridos (Husbands). EUA, 1970, 130’, 35mm, 16 anos.

 

Quarta-feira, 28 de janeiro

15h – Sem Destino (Easy Rider). EUA, 1969, 95’, 35mm, 16 anos.

17h – A Última Sessão de Cinema (The Last Picture Show). EUA, 1971, 126’, 35mm, 14 anos.

19h30 – Pat Garrett & Billy the Kid (Pat Garrett & Billy the Kid). EUA, 1973, 122’, 35mm, 14 anos.

 

Quinta-feira, 29 de janeiro

15h – Nasce um Monstro (It’s Alive). EUA, 1974, 91’, digital, 16 anos.

17h – Loucuras de Verão (American Graffiti). EUA, 1973, 110’, 35mm, 14 anos.

19h15 – Na Mira da Morte (Targets). EUA, 1968, 90’, 35mm, 14 anos.

Sexta-feira, 30 de janeiro

15h – Trágica Obsessão (Obsession). EUA, 1976, 98’, 35mm, 16 anos.

17h – Os Maridos (Husbands). EUA, 1970, 130’, 35mm, 16 anos.

19h30 – Tubarão (Jaws). EUA, 1975, 124’, 35mm, 14 anos.

Sábado, 31 de janeiro

12h – O Poderoso Chefão (The Godfather). EUA, 1972, 175’, digital, 16 anos.

15h15 – A Última Sessão de Cinema (The Last Picture Show). EUA, 1971, 126’,35mm, 14 anos.

17h45 – Sem Destino (Easy Rider). EUA, 1969, 95’, 35mm, 16 anos.

19h45 – O Bebê de Rosemary (Rosemary’s Baby). EUA, 1968, 136’, 35mm, 14 anos.

 

Domingo, 01 de fevereiro

13h – Nasce um Monstro (It’s Alive). EUA, 1974, 91’, digital, 16 anos.

15h – Warriors – Os Selvagens da Noite (The Warriors). EUA, 1979, 92’, 35mm, 14 anos.

17h – Loucuras de Verão (American Graffiti). EUA, 1973, 110’, 35mm, 14 anos.

19h15 – Trágica Obsessão (Obsession). EUA, 1976, 98’, 35mm, 16 anos.

 

Segunda-feira, 02 de fevereiro

15h – O Estranho Sem Nome (High Plains Drifter). EUA, 1973, 105’, 35mm, 16 anos.

17h10 – Pat Garrett & Billy the Kid (Pat Garrett & Billy the Kid). EUA, 1973, 122’, 35mm

19h30 – Tubarão (Jaws). EUA, 1975, 124’, 35mm, 14 anos.

 

Quarta-feira, 04 de fevereiro

15h – Bonnie e Clyde – Uma Rajada de Balas (Bonnie & Clyde). EUA, 1967, 111’, digital, 14 anos.

17h30 – Rede de Intrigas (Network). EUA, 1976, 121’, digital, 14 anos.

20h – O Estranho Sem Nome (High Plains Drifter). EUA, 1973, 105’, 35mm, 16 anos.

 

Quinta-feira, 05 de fevereiro

15h – A Outra Face da Violência (Rolling Thunder). EUA, 1977, 95’, digital, 16 anos.

17h – Halloween – A Noite do Terror (Halloween). EUA,1978, 91’, digital, 14 anos.

19h – Warriors – Os Selvagens da Noite (The Warriors). EUA, 1979, 92’, 35mm, 14 anos.

Sexta-feira, 06 de fevereiro

13h – Amargo Reencontro (Big Wednesday). EUA, 1978, 120’, digital, 16 anos.

15h30 – Hardcore – No Submundo do Sexo (Hardcore). EUA, 1979, 109’, digital, 16 anos.

17h45 – Terra de Ninguém (Badlands). EUA, 1973, 94’, 35mm, 16 anos.

19h45 – O Bebê de Rosemary (Rosemary’s Baby). EUA, 1968, 136’, 35mm, 14 anos.

 

Sábado, 07 de fevereiro

13h – Halloween – A Noite do Terror (Halloween). EUA,1978, 91’, digital, 14 anos.

14h50 – O Comboio do Medo (Sorcerer). EUA, 1977, 121’, digital, 16 anos.

17h15 – Corrida Sem Fim (Two-Lane Blacktop). EUA, 1971, 102’, 35mm, 14 anos.

19h15 – Taxi Driver (Taxi Driver). EUA, 1976, 113’, 35mm, 14 anos.

.

Domingo, 08 de fevereiro

14h – O Poderoso Chefão (The Godfather). EUA, 1972, 175’, digital, 16 anos.

17h15 – Bonnie e Clyde – Uma Rajada de Balas (Bonnie & Clyde). EUA, 1967, 111’, digital, 14 anos.

19h30 – Terra de Ninguém (Badlands). EUA, 1973, 94’, 35mm, 16 anos.

Segunda-feira, 09 de fevereiro

15h – Hardcore – No Submundo do Sexo (Hardcore). EUA, 1979, 109’, digital, 16 anos.

17h15 – Corrida Sem Fim (Two-Lane Blacktop). EUA, 1971, 102’, 35mm, 14 anos.

19h15 – Taxi Driver (Taxi Driver). EUA, 1976, 113’, 35mm, 14 anos.

 

Serviço:

Centro Cultural Banco do Brasil São Paulo – Cinema (70 lugares)
Rua Álvares Penteado 112, Centro SP Capital

01012 000

Telefone: 11 3113-3651

Ingressos: R$ 4 (inteira) e R$ 2 (meia e filmes em DVD ou Blu-Ray)

Funcionamento: quarta a segunda, das 9h às 21h

www.bb.com.br/cultura

www.twitter.com/ccbb_sp

www.facebook.com/ccbbsp

Acesso e facilidades para deficientes físicos // Ar-condicionado // Cafeteria Cafezal // Estacionamento conveniado: Estapar Estacionamentos – Rua da Consolação, 228 (Edifícios Zarvos) R$ 15,00 pelo período de 5 horas. Necessário validar o ticket na bilheteria do CCBB. Transporte gratuito até as proximidades do CCBB – embarque e desembarque na Rua da Consolação, 228 (Edifício Zarvos) e na XV de novembro, esquina com a Rua da Quitanda, a vinte metros da entrada do CCBB.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s