Artista norte-americano Juan Fontanive abre exposição neste sábado na Galeria Carbono, em SP

O artista Juan Fontanive prepara edições de obras inéditas no Brasil para apresentar a partir do dia 4 de outubro, sábado, às 11h, na Carbono Galeria, em São Paulo. A exposição Myxathesys ficará aberta ao público até dia 29 de novembro. Trata-se da primeira exposição individual do artista no Brasil e contará com curadoria de Laura Bardier. “Fontanive cria configurações visuais e sonoras onde os espectadores são seduzidos em um encantamento cinético”, classifica Laura. “Explorando cores contrastantes, vibrações cromáticas, movimento continuo e definindo sobreposições de elementos no espaço, o artista retoma o movimento da Op Art”, completa a curadora.

“Vou ter quatro das paredes cobertas com as grandes máquinas que se movimentam. Estas obras funcionam em mecanismos parecidos com os que movimentam relógios,  sistema de engrenagem que move meu trabalho. Eles têm cabos de uretano, polias de alumínio e aço inoxidável, atualizado com tiras de fibra de carbono. Estas engrenagens movimentam imagens desenhadas por mim em placas de fibra de carbono”, explica Juan Fontanive. A beleza das obras reside no movimento sequencial e repetitivo que elas produzem, e nas narrativas que a repetição destas iO tema central da mostra é a “mistura” entre movimento, cor e sons. Este tema se desdobra, por exemplo, em dois destes trabalhos que estão conectados e se movem em diferentes horários, misturando-se, de certa forma. Além do movimento, as obras geram ruídos. “Papéis diferentes fazem sons diferentes, e eu presto muita atenção aos sons que máquinas fazem. Minhas obras usam a gravidade, a inércia, a resistência do ar… São elementos de como a natureza funciona embutidos nestes trabalhos. O resultado torna-se natural, em si. Muitas vezes o movimento das obras geram sons que lembram insetos, folhas ou pássaros”, explica o artista.

MG_2594_baixa

Edições de obras famosas do artista, como “Vivarium” e “Colibri”, serão exibidas nesta exposição. Em “Vivarium”, imagens de borboletas em movimento formam uma narrativa de voo e som, enquanto em “Colibri”, a imagens de um beija-flor voa sutilmente entre uma sequência ininterrupta de imagens. “Os beija-flores são aves incríveis. Eles são capazes de se manterem no ar sem se deslocar. Movem suas asas tão rapidamente que eles parecem flutuar no ar. Fontanive construiu uma gaiola para eles – ou melhor – um quadro para essa ilusão”, contextualiza Laura.

Outra obra em destaque, “Native”, traz elementos “retangulares em preto e branco que se misturam organicamente determinando um fluxo de movimento continuo e intermitente. Como em uma bela coreografia, a obra segue uma sequência delicada de movimentos”, finaliza Laura.

“Myxathesys”, de Juan Fontanive @ Carbono Galeria
Abertura: 4 de outubro, sábado, às 11h, com presença do artista
Período expositivo: de 4 de outubro a 29 de novembro
Endereço: Rua Joaquim Antunes, 59, Pinheiros – São Paulo – SP
Horário de funcionamento: segunda a sexta-feira, das 10h às 19h; sábados, das 11h às 15h
Entrada franca/ Livre
Para mais informações, acesse os sites
www.carbonogaleria.com.br
www.juanfontanive.com

Agência Lema

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s