4º OftalmoMusic Doctor’s Band recebe Fernanda Porto Dia 28 de setembro, no Tom Jazz

 oftal

Toda a renda com a bilheteria será revertida para a APOS-Associação dos Portadores de Olho Seco

Médicos por profissão, músicos por paixão. A Doctor’s Band nasceu do encontro do instinto musical com a dedicação em busca da música de qualidade. Tocando há 7 anos o que há de melhor na MPB, Bossa Nova e no Jazz os “médicos – músicos” Otávio Gali (Baixo Acústico), Fernando Chaves (Piano/ Teclado), Marcelo Macedo (Sax/Flauta) junto com o músico André Travagin (Bateria) saem do consultório para trazer arranjos surpreendentes para ouvintes atentos.

Há 4 anos, a banda organiza o Oftalmomusic, que reúne oftalmologistas e amigos para uma noite diferente, regada a diversão e boa música. Desde 2010 eles revertem a bilheteria do evento para a APOS- Associação dos Portadores de Olho Seco.

O 4º Oftalmo Music irá acontecer no Tom Jazz, no dia 28 de setembro, e terá a participação especial da cantora Fernanda Porto. Quem abre a noite é o comediante Ênio Vivona, com seu stand up e, após o show, a noite continua ao som de um DJ.

Na noite,  que já está virando tradição, o oftalmologista Dr. Suel Abujamra, que sede espaço em sua clinica para abrigar a APOS, fará a sua comemoração de aniversário de 80 anos.

oftal1

4º OftalmoMusic

Doctor’s Band

Convidada especial:  Fernanda Porto

Abertura: Stand up com Ênio Vivona

Dia 28 de Setembro

Horário 20h30

Capacidade: 200 lugares

Ingressos: R$ 50,00 – toda a renda será revertida para a APOS – Associação dos Portadores de Olho Seco

Local: Tom Jazz

Av. Angélica, 2331 – Higienópolis

Tel: 3255.0084

Ingressos a venda pela internet: www.ingressorapido.com.br

Tel: 4003.1212

Sobre a APOS

A Associação Brasileira de Portadores de Olho Seco – APÓS,  foi criada no dia 15 de julho de 2004, pela iniciativa de portadores de olho seco, familiares, médicos e apoio de empresas da área farmacêutica. Com sede em São Paulo, à Rua Tamandaré, 693, Liberdade, São Paulo-Sp , a APOS tem parceria com os principais hospitais e universidades brasileiras e o apoio do Conselho Brasileiro de Oftalmologia, SOBLEC e apoio internacional do The Cornea Society e International e Ocular Surface Society.

A doença do olho seco afeta cerca de 30% da população em todo o mundo. Muitas delas sofrem desnecessariamente porque não sabem que o problema tem solução, são incorretamente diagnosticadas ou não chegam a receber um tratamento adequado.

Hoje, um diagnóstico correto com tratamento adequado pode ajudar qualquer pessoa portadora da doença do olho seco a ter uma melhor qualidade de vida.

Cris Fusco/ Flavia Fusco Comunicação

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s